Escolha as suas informações

Trilogia de Miguel Gomes: "As mil e uma noites" chega aos cinemas luxemburgueses em Novembro
Cultura 1 14.10.2015

Trilogia de Miguel Gomes: "As mil e uma noites" chega aos cinemas luxemburgueses em Novembro

Cultura 1 14.10.2015

Trilogia de Miguel Gomes: "As mil e uma noites" chega aos cinemas luxemburgueses em Novembro

A premiada trilogia "As mil e uma noites", do realizador português Miguel Gomes, estreia a 4 de Novembro nos cinemas luxemburgueses. O tríptico sobre a austeridade em Portugal vai ser exibido no cinema Utopia, na capital.

A premiada trilogia "As Mil e Uma Noites", do realizador português Miguel Gomes, estreia a 4 de Novembro nos cinemas luxemburgueses, com a exibição do primeiro volume, "O inquieto". O tríptico sobre a austeridade em Portugal vai ser exibido no cinema Utopia, na capital.

O segundo volume, "O desolado", tem estreia marcada para 25 de Novembro, seguindo-se o filme que fecha a trilogia, "O encantado", a 16 de Dezembro, confirmou hoje ao CONTACTO o grupo Utopolis.

Rodado durante um ano, do Verão de 2013 ao de 2014, a trilogia aborda a sociedade portuguesa a braços com a austeridade, adaptando de forma livre o modelo dos contos árabes "As mil e uma noites", tendo Xerazade como narradora.

O filme parte de histórias reais que aconteceram em Portugal, entre 2013 e 2014, recolhidas por um grupo de jornalistas, que foram depois utilizadas pelo realizador como matéria-prima para episódios que ficam a meio caminho entre a ficção e a realidade. O resultado é um retrato da sociedade portuguesa com momentos delirantes.

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

Os três filmes estrearam em Maio na Quinzena dos Realizadores, no Festival de Cannes, onde foram aclamados pela crítica internacional. O tríptico sobre a austeridade foi primeira página no jornal francês Libération, que o descreve como um "épico".

Vista em Portugal por mais de 18 mil espectadores, a trilogia recebeu em Agosto o prémio da FIPRESCI, a associação internacional de críticos de cinema. O realizador já tinha obtido o mesmo prémio em 2012, com o filme "Tabu". Em Junho, "As mil e uma noites" conquistou igualmente o prémio máximo no 62° Festival de Cinema de Sidney, na Austrália. 

"O Desolado", o segundo volume da trilogia, foi escolhido para candidato de Portugal a uma nomeação para o Óscar de melhor filme estrangeiro.



Notícias relacionadas

Cannes 2015 : O império português contra-ataca
É impossível ser-se português no festival de Cannes e não falar, ou ouvir falar, do filme de Miguel Gomes “As mil e uma noites”. Esta trilogia surpreendente não está sequer na competição oficial, participando na Quinzena dos Realizadores, uma secção paralela do festival. Este ano não se pode dizer a ninguém em Cannes “sou português” sem que o interlocutor pergunte: “e então que achaste do filme do Miguel Gomes?”.
Miguel Gomes levou  "As mil e uma noites" até Cannes