Escolha as suas informações

Três obras portuguesas nomeadas aos Grammy Latino
Cultura 18.11.2021
Música

Três obras portuguesas nomeadas aos Grammy Latino

Música

Três obras portuguesas nomeadas aos Grammy Latino

Foto: Manuel Fernando Araújo/Lusa
Cultura 18.11.2021
Música

Três obras portuguesas nomeadas aos Grammy Latino

Lusa
Lusa
Carolina Deslandes, Salvador Sobral e Sara Correia são os portugueses com obras em destaque. Vencedores são anunciados esta quinta-feira em Las Vegas, nos EUA.

Os vencedores dos prémios Grammy Latino, que este ano contam entre os nomeados com dois álbuns e um vídeo portugueses, são anunciados esta quinta-feira em Las Vegas, nos Estados Unidos da América.

"Do Coração", de Sara Correia está indicado para o Grammy Latino de melhor álbum de música de raízes em língua portuguesa, enquanto "BPM", de Salvador Sobral, está nomeado na categoria de melhor engenharia de som, pelo trabalho de Nelson Carvalho (engenheiro de gravação), Leo Aldrey, Rafael Giner (engenheiros de mistura) e Tiago Sousa (engenheiro de masterização).

A cantora Carolina Deslandes surge entre os nomeados do Grammy Latino de melhor vídeo em versão longa com "Mulher", curta-metragem realizada por Filipe Correia dos Santos e produzida por Pedro Caldeirão. "Do Coração", editado em setembro do ano passado, é o segundo álbum da fadista Sara Correia, no qual abriu a porta a outras influências, para lá do fado, como contou na altura à agência Lusa.

O álbum conta com temas escritos e compostos por vários nomes, como Diogo Clemente – que também assina a produção -, Joana Espadinha, Luísa Sobral, Jorge Cruz, Carolina Deslandes e António Zambujo, com quem Sara Correia gravou um dueto.

"BPM", álbum que Salvador Sobral editou em maio deste ano, remete para o jazz, área musical na qual o cantor confessou à Lusa sentir-se "mais à vontade", mas, neste disco optou por "uma sonoridade mais pop", com "várias paisagens sonoras".

Carolina Deslandes lançou a curta-metragem nomeada, que protagoniza, há um ano juntamente com um EP, também intitulado "Mulher". "Esta curta-metragem representa várias gerações de mulheres vítimas de violência doméstica”, lê-se na sinopse do projeto.

O rapper espanhol C. Tangana, o músico porto-riquenho Bad Bunny, o dominicano Juan Luis Guerra, a cantora Paula Arenas, o músico Juanes e a banda rock Diamante Elétrico, todos da Colômbia, estão entre os mais nomeados da 22.ª edição dos prémios. Entre os que receberão este ano o Grammy Latino de carreira está o músico brasileiro Martinho da Vila.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Fora do circuito de concertos nas comunidades portuguesas, é preciso ir a Portugal para ver José Cid ao vivo. Quem regressar à terra para passar as festas natalícias, pode ver o cantor ao vivo já no próximo dia 30 de dezembro, gratuitamente, na Praça do Comércio, em Lisboa.
Os álbuns "Mundo", de Mariza, e "Fados do fado", de Marco Rodrigues, estão nomeados em diferentes categorias da 17.ª edição dos prémios Grammy Latinos, cujos vencedores são hoje conhecidos, nos Estados Unidos.