Escolha as suas informações

Três bailarinos portugueses competem no Prix de Lausanne, na Suíça
Cultura 02.02.2020

Três bailarinos portugueses competem no Prix de Lausanne, na Suíça

Três bailarinos portugueses competem no Prix de Lausanne, na Suíça

Foto: DR
Cultura 02.02.2020

Três bailarinos portugueses competem no Prix de Lausanne, na Suíça

Bailarinos competem entre 84 candidatos provenientes de 27 países de todo o mundo

A edição deste ano do Prix de Lausanne, que começa hoje, volta a contar com representação portuguesa.

Diogo Bettencourt, Pedro Silveira e Catarina Pires são os três bailarinos lusos a disputar a 48.ª edição da competição internacional de bailado, que se realiza anualmente naquela cidade da Suíça.

Enquanto os dois rapazes representam escolas portuguesas - o primeiro é da DNA N’Arts School, em Coimbra e o segundo da Escola Artística de Dança do Conservatório Nacional, em Lisboa, a rapariga é bailarina da Tanz Akamedie Zürich, em Zurique, na Suíça.

Os três portugueses competem entre 84 bailarinos provenientes de 27 países de todo o mundo. E há cada vez mais candidatos masculinos numa prova ainda dominada pelo sexo feminino. No total dos candidatos, 51 são raparigas e 33 rapazes.

Este ano o Prix de Lausanne vai homenagear a coreógrafa americana  Carolyn Carlson com prémio Carreira. 

A comepetição termina domingo, 9 de fevereiro, e as finais realizam-se no sábado.

Em setembro, pela primeira vez na sua história, o evento fará uma pré-seleção no Japão.


AT