Escolha as suas informações

Cristèle Alves Meira apresenta duas curtas-metragens no Luxemburgo
Cultura 8 16.12.2016 Do nosso arquivo online
Realizadora

Cristèle Alves Meira apresenta duas curtas-metragens no Luxemburgo

Realizadora

Cristèle Alves Meira apresenta duas curtas-metragens no Luxemburgo

Cultura 8 16.12.2016 Do nosso arquivo online
Realizadora

Cristèle Alves Meira apresenta duas curtas-metragens no Luxemburgo

A realizadora luso-francesa Cristèle Alves Meira apresentou na quinta-feira no Luxemburgo as suas duas curtas-metragens “Campo de Víboras e “Sol Branco”.

A realizadora luso-francesa Cristèle Alves Meira apresentou na quinta-feira no Luxemburgo as suas duas curtas-metragens “Campo de Víboras e “Sol Branco”.

As projeções decorreram no Centro Cultural Português Camões, em Merl, na capital luxemburguesa. A visita da realizadora aconteceu no âmbito da Quinzena do Cinema Português, que está a decorrer até 18 de dezembro em vários cinemas do país.

 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Vamos poder ver a top model, sem asas, no filme "Carga" que passa no Festival de Cinema Português no Luxemburgo. Um acontecimento com outras descobertas, como a "Peregrinação" de João Botelho.
Há décadas que milito para que os portugueses do Luxemburgo possam ver cinema português no Grão-ducado. As obras portuguesas continuam a ser exceção nas salas e as raras oportunidades são as mostras organizadas por estruturas associativas ou pela Embaixada de Portugal no Luxemburgo.
“A Canção de Lisboa” é um dos maiores êxitos de bilheteira de 2016. O filme será projetado no Luxemburgo no dia 15 de novembro.
A realizadora de origem portuguesa que em maio realizou “um sonho” ao estar presente no festival de cinema de Cannes com a curta-metragem “Campo de Víboras” vai apresentar esse trabalho no Luxemburgo. A curta-metragem da realizadora luso-francesa foi selecionada em maio para a Semana da Crítica do festival de cinema mais importante do mundo. “Campo de Víboras” e “Sol Branco”, de Cristèle Alves Meira, são projetados esta quinta-feira, dia 15 de dezembro, no Centro Cultural Português do Luxemburgo no contexto da Quinzena de Cinema Português.
"Campo de Víboras": além de nome de filme este é o verdadeiro nome de uma aldeia transmontana.
Quinzena do Cinema Português
A Quinzena de Cinema Português regressou ao Luxemburgo neste final de ano quando já se podia pensar que 2016 não ia ter a já habitual mostra de cinema luso. Ainda antes do ano terminar, o Centro Cultural e a Embaixada conseguiram por de pé uma seleção de sete longas metragens que representam bem o cinema que se foi fazendo “lá em baixo” nos últimos tempos.
Cristèle Alves Meira, realizadora luso-descendente, apresenta duas crutas metragens no dia 15 de dezembro no Instituto Camões.
Quinzena de Cinema Português no Luxemburgo
Todos sabemos que quando vamos “lá abaixo” não temos tempo para filmes. Já todos passámos à porta de um multiplex num centro comercial e pensámos: “Amanhã vou ver este filme português”. E todos nós acabamos por preferir ir apanhar sol numa esplanada ou decidimos aceitar o convite da tia Maria José para jantar, ela que já nos anda a dizer para ir lá a casa há três Verões...
Quando a francesa Fanny Ardant dirige uma paleta de grandes actores europeus, o resultado chama-se “Cadências Obstinadas”