Escolha as suas informações

No Luxemburgo: Festivais de Verão com Iggy Pop, Pixies e muito mais
Iggy Pop

No Luxemburgo: Festivais de Verão com Iggy Pop, Pixies e muito mais

AFP
Iggy Pop
Cultura 3 min. 29.06.2016

No Luxemburgo: Festivais de Verão com Iggy Pop, Pixies e muito mais

Pixies, Iggy Pop e Gogol Bordello são alguns dos nomes, que vão actuar de 8 a 17 de Julho, em vários festivais no Luxemburgo. Uma semana em pleno para festivaleiros.

Pixies, Iggy Pop e Gogol Bordello são alguns dos nomes, que vão actuar  de 8 a 17 de Julho, em vários festivais no Luxemburgo. Uma semana em pleno para festivaleiros.

 Pela segunda vez no Luxemburgo, os Pixies tocam a 10 de Julho no Rock-a-Field (RAF).

No ano que comemoram 30 anos de carreira, Black Francis e companhia trazem o álbum “Indie Cindy”, lançado em 2014, mas o que os fãs da banda querem ouvir, é o legado criado há 20 anos. Com cinco álbuns de originais, os apelidados de banda de culto do rock alternativo formado em 86, separou-se e voltou-se a juntar em 2003, depois de uma década de ausência. “Where is my mind” ou “Here cames your man” serão dos êxitos mais esperados, do quarteto que influenciou outras bandas como Nirvana ou Radiohead.

A 11ªdo RAF sofre algumas alterações este ano. O festival dura apenas dois dias (as edições anteriores eram de três), dias 9 e 10 de Julho, em Roeser. 

Os já conhecidos do público luxemburguês Gogol Bordello tocam no mesmo dia dos Pixies. O colectivo nova-iorquino que parece uma trupe, tem um estilo difícil de definir. São punk misturado com folclore dos Balcãs, dub e reggae. São frenéticos e a cor impera em cima de palco. Formados em 1999, os multiculturais Gogol Bordello prometem trazer o seu “gypsi punk”, alegria e também caos ao festival.

No dia anterior, os britânicos Bring me the Horizon oferecem um metal intenso com influências da música electrónica.

Porém, Steve Oaki será o nome mais esperado pelo público jovem e amante da dance music. O produtor e disco-jokei norte-americano é conhecido pelas suas performances peculiares: borrifa com champanhe e atira bolo com chantilly para o público. Mesmo para quem não é fã de electro-house e dubstep, esta será uma experiência única que não deverá perder.

Um ecrã gigante será instalado no recinto devido à final do Euro2016, que acontece no domingo. Os preços variam entre os 55 euros para um dia e os 85 euros  para os dois dias. O bilhete geral com acesso ao parque de campismo custa 105 euros. Mais informações no site do Raf (www.rockafield.com).

IGGY POP E BONAMASSA NO GRUND

O fantástico Iggy Pop toca na segunda, 11 de Julho, na Abadia de Neiménster, incluído no festival Omni. Porém há más notícias para quem não comprou bilhete: os bilhetes estão esgotados.

Considerado a lenda viva do punk-rock, o artista tem das carreiras mais longas do mundo artístico. Normalmente actua sem t-shirt e as suas actuações são insurrectas. Tem um legado imortal mas “The Idiot” e “Lust for Life”, lançados em 1977 (o ano mítico do punk) serão dos temas mais esperados.  È rebelde, excessivo influente e carismático. Todos os adjectivos parecem ser poucos para Iggy Pop que tem já uma discografia de quase duas dezenas de edições a nome individual.

No dia seguinte, a 12, toca Joe Bonamassa, um dos guitarristas mais versáteis de todos os tempos. O norte-americano que passeia entre vários estilos como o blues mais clássico até ao rock, através das apelidadas super-bandas em que participa. O preço dos bilhetes é de 62 euros e podem ser comprados em www.neimenster.lu.

O OMNI termina a 23 de Julho, com o já conhecido Blues´N Jazz Rallye, um dos festivais mais marcantes da capital.

Porém, a 16 de Julho, o festival MeYouZik, que traz músicas do mundo ao Luxemburgo vai oferecer um leque diversificado de workshops e apresentações, guardando-se para o final do dia, as sonoridades alternativas.

No dia seguinte, 17, Marlon Roudette, o inglês do r&b, hip-hop e reggae é o cabeça de cartaz do Rock um Knuedler. O intérprete de “When the beat drops out” irá actuar para dezenas de milhar de pessoas.

Organizados pelo Serviço de Turismo do Luxemburgo (LCTO), o MeYouZik e o Rock um Knuedler têm lugar na place Guillaume II e ruas periféricas, sendo a entrada gratuita. Para mais informações: www.lcto.lu

Vanessa Castanheira 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Arcade Fire e festivais urbanos aquecem verão no Luxemburgo
Os canadianos Arcade Fire e Peaches e os festivais MeYouZik e Rock um Knuedler são alguns dos pontos altos das noites de verão no Luxemburgo. O Contacto preparou uma seleção de concertos e festivais que acontecem nas próximas semanas no país.
 Arcade Fire é um dos concertos mais esperados da época.