Escolha as suas informações

Música portuguesa e comédia solidária. O que fazer este fim de semana no Luxemburgo
Cultura 2 3 min. 26.11.2021
Guia cultural

Música portuguesa e comédia solidária. O que fazer este fim de semana no Luxemburgo

Guia cultural

Música portuguesa e comédia solidária. O que fazer este fim de semana no Luxemburgo

Foto: Leo Aversa
Cultura 2 3 min. 26.11.2021
Guia cultural

Música portuguesa e comédia solidária. O que fazer este fim de semana no Luxemburgo

Vanessa CASTANHEIRA
Vanessa CASTANHEIRA
A música portuguesa está em destaque no Echter'World Festival, com Carminho e Dulce Pontes. Há ainda comédia por uma causa solidária, criada por um português. As nossas sugestões culturais para os próximos dias.

Sexta-feira, dia 26, às 20h, na Kulturfabrik

Flamenco com Manuel de la Luz

Foto: Kulturfabrik

"Mi Clave", nome do disco do guitarrista de flamenco Manuel de la Luz, é também o nome do espetáculo que o músico apresenta na Kulturfabrik. Manuel de la Luz passeia-se pelas várias vertentes e dimensões do flamenco. Fandangos, alegrías, rumberos, boleros, e muito mais, num único concerto indicado para os fãs da música, dança e cultura que teve os seus primórdios nas tradições ciganas. No âmbito do concerto, serão dados workshops pelo próprio guitarrista no dia seguinte.

O bilhete custa 27 euros e o workshop 40 euros. Toda a informação na página da Kulturfabrik.

Dias 26 e 27, às 20h, no Trifolion

Dulce Pontes e Carminho no Echter'World Festival

O festival em Echternach traz dois nomes de gerações diferentes do fado. Dulce Pontes sobe ao palco no dia 26. Com mais de 30 anos de carreira, a artista portuguesa, que eternizou-se com "Canção do Mar", passará em revista o trabalho lançado com o italiano Ennio Morricone e homenageia a brasileira Elis Regina. Será acompanhada no contrabaixo por Yelsy Heredia, na guitarra portuguesa por Luís Guerreiro e ao piano por Sergio Fernandez.

A segunda noite traz Carminho, considerada das novas vozes do fado e também como a fadista mais tradicional da sua geração, mesmo após as suas aproximações à música popular brasileira. Carminho sobe ao palco com Marly Marques, uma cantora de tradição do jazz radicada no Luxemburgo, que não esquece as suas raízes portuguesas de fado. Ambos os espetáculos custam 35 euros.

Sábado, dia 27, às 11h e 14h, no Clausen e Grund

Rainy Days: a música, chuva e um rio

"Driwwer Drënner Drop", uma experiência musical criada pela compositora luxemburguesa Catherine Kontz.
"Driwwer Drënner Drop", uma experiência musical criada pela compositora luxemburguesa Catherine Kontz.
Foto: Philarmonie

O festival Rainy Days tem levado a música para fora de palco e convidado o público a ouvi-la fora das salas e vivendo outras experiências e outras sensações. Nesta edição, o rio Alzette, entre os bairros de Clausen e do Grund, serve de palco para "Driwwer Drënner Drop", uma experiência musical criada pela compositora luxemburguesa Catherine Kontz. 100 jovens músicos da UGDA dividem-se pelas margens do rio para esta live-sound walk ou caminhada musical. "Driwwer Drënner Drop" nasce da cooperação entre a Philharmonie, Neimënster e UGDA. O acesso às várias apresentações é gratuito e é obrigatório o uso de máscara.

Sábado, dia 27, às 20h, no Aalt Stadhaus

Relais du Rire: apoiar quem apoia

Foto: DR

Depois do sucesso e casa cheia das duas primeiras edições, o Relais du Rire está de regresso mesmo com um ano de atraso. Diz Alex Monteiro que foi por causa de extraterrestres no vídeo promocional! E é mesmo Alex Monteiro, o comediante português psicólogo de profissão, que tem organizado o espetáculo a favor da Fondation Cancer du Luxembourg, a associação de voluntários que presta apoio e auxilio a doentes oncológicos e repectivas famílias. Ao Alex, que mantém-se como o homem ao leme, juntam-se os comediantes Yacine Belhousse, Josselin Dailly, Doug, Rach e o músico Edsun para 1h30 de espetáculo e de muitos risos.

Alex Monteiro teve perceção real do trabalho da fundação por um caso de cancro próximo de si. Depois de ver a dimensão e importância dos centenas de voluntários, o comediante encontrou uma forma de também apoiar quem apoia, prestar ajuda e até homenagear a instituição. Depois de uma primeira edição na cidade do Luxemburgo, em 2019, o Relais du Rire mudou-se de armas e bagagens para o Aalt Stadhaus em Differdange, instituição que garante toda a logística do evento.

Uma noite para rir, com humor bem feito e que não é de apenas diversão por diversão. Tem causa. Os bilhetes custam 23 euros e o valor angariado reverte integralmente a favor da Fondation Cancer du Luxembourg.

Até dia 2 de janeiro, na capital

A magia do Natal

Foto: Marc Wilwert

Com o Natal à porta, a cidade do Luxemburgo preparou-se para mais uma época mágica e que faz a alegria de pequenos e graúdos. São nove mercados de Natal, 360 instalações luminosas, com luzes, muitas luzes, e 16 atrações que se podem descobrir por toda a cidade. Toda a informação na página da autarquia.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Duas das vozes portuguesas mais reconhecidas a nível internacional atuam no final do mês de novembro no Grão-Ducado. Dulce Pontes e Carminho são cabeças de cartaz do Echter'World Festival, de Echternach.
Maria João, Rodrigo Leão, Carminho e Legendary Tigerman são alguns dos nomes apresentados para a edição deste ano do Festival Atlântico, na Philharmonie. Na apresentação da temporada, além dom programa habitual de música clássica, jazz e world music, é notório um novo horizonte musical, mais ecléctico e mais abrangente.
La chanteuse portugaise Carminho (Foto: Leo Aversa - Crédito obrigatório).
A cidade de Echternach foi palco este fim-de-semana do primeiro festival de Fado no Grão-Ducado, no âmbito da iniciativa “Cult Night”. Veja aqui a nossa fotogaleira.
A fadista Paula Oliveira foi acompanhada à guitarra portuguesa por Miguel Silva e na viola por Joaquim Caniço