Escolha as suas informações

Museu de História e Arte do Luxemburgo: Visita guiada em português dá 
a conhecer um quadro por mês
Cultura 4 2 min. 04.05.2015

Museu de História e Arte do Luxemburgo: Visita guiada em português dá 
a conhecer um quadro por mês

Cultura 4 2 min. 04.05.2015

Museu de História e Arte do Luxemburgo: Visita guiada em português dá 
a conhecer um quadro por mês

O Museu Nacional de História e Arte do Luxemburgo iniciou na quinta-feira uma nova série de visitas guiadas em português, durante as quais é possível ficar a saber mais sobre uma obra escolhida mensalmente pelo museu.

O Museu Nacional de História e Arte do Luxemburgo iniciou na quinta-feira uma nova série de visitas guiadas em português, durante as quais é possível ficar a saber mais sobre uma obra escolhida mensalmente pelo museu.

A iniciativa “Renc’Art – Obra do Mês” permite descobrir um quadro daquele museu da capital luxemburguesa, durante uma visita gratuita, com a duração de meia hora, orientada em português pela mediadora cultural Vera Herold. Uma forma convivial e divertida de ficar a saber mais sobre uma obra do museu luxemburguês, incluindo o contexto histórico e cultural da época, mas também curiosidades sobre o quadro e o artista em destaque.

Na estreia das visitas em português, os visitantes puderam descobrir a única tela de Picasso no Luxemburgo (na foto), um quadro que em Outubro originou uma polémica, quando foi avançada a possibilidade de ser vendido. O Governo luxemburguês acabaria por recuar e a tela “Paisagem de Cannes ao crepúsculo”, pintada por Picasso em 1960, continua na colecção do Museu Nacional de História e Arte.

Os visitantes portugueses puderam descobrir esta obra, pintada na casa do pintor em Cannes, “La Californie”. Entre muitas curiosidades desvendadas durante a visita, a pintura revela a razão pela qual Picasso desistiu de viver naquela casa, pouco tempo depois de ter pintado a tela: a grua visível no horizonte simboliza o desagrado do pintor com o barulho provocado pela construção de novos empreendimentos imobiliários em Cannes, na altura em plena expansão turística, explicou Vera Herold.

As próximas edições em português do “Renc’Art – Obra do Mês” já têm data marcada.

Em Maio, a obra em destaque é “Rapariga de casaco vermelho”, do pintor francês Henri Edmond Cross (1869-1954). As visitas guiadas em português decorrem a 26 de Maio (uma terça-feira), às 12h15, e a 28 (quinta-feira), às 19h, ambas com a duração de 30 minutos.

Em Junho, a obra do mês é o quadro “Eliezer e Rebeca”, do pintor holandês Jan Swart van Groningen (cerca 1495 – cerca 1563). As visitas em português, sempre com a duração de meia hora, decorrem a 25 de Junho (quinta-feira), às 19h, e a 30 desse mês (terça-feira), às 12h15.

A entrada e a visita guiada são gratuitas.


Notícias relacionadas

Exposição: Luxemburgo e Portugal "trocam" obras de arte
O Museu Nacional de História e Arte do Luxemburgo vai ter patente a partir de 29 de Janeiro uma pintura do Museu de Arte Antiga em Lisboa, no âmbito da iniciativa “Obra Convidada”, que vai levar uma tela do museu luxemburguês também a Portugal.
O Museu Nacional de História e Arte do Luxemburgo, na capital, vai acolher uma obra do Museu de Arte antiga, em Lisboa