Escolha as suas informações

Morreu o repórter fotográfico Yannis Behrakis: relembre aqui algumas das suas imagens
Cultura 13 03.03.2019

Morreu o repórter fotográfico Yannis Behrakis: relembre aqui algumas das suas imagens

Morreu o repórter fotográfico Yannis Behrakis: relembre aqui algumas das suas imagens

Foto: AFP
Cultura 13 03.03.2019

Morreu o repórter fotográfico Yannis Behrakis: relembre aqui algumas das suas imagens

Vencedor do World Press Photo em 2000 e de outros prémios percorreu o mundo e, em 2016, foi distinguido com o Pulitzer pelo trabalho sobre a crise dos refugiados.

Morreu Yannis Behrakis, o fotojornalista grego da Reuters que recebeu inúmeros prémios ao longo de uma carreira passada um pouco por todo o mundo. Aos 58 anos, Behrakis foi vítima de um cancro, mas as suas imagens vão ficar para sempre. 

O fotojornalista grego recebeu prémios como o Pulitzer e o Bayeux-Calvados (2016) pelo seu trabalho à frente de uma equipa sobre a crise dos refugiados, mas antes já fora considerado o fotógrafo do ano para o diário The Guardian (2015), além de ser agraciado com o World Press Photo (2000), por exemplo.  

Entre os momentos delicados que foi enfrentando ao longo do tempo, Behrakis escapou por pouco a uma emboscada na Serra Leoa, em 2000, num tiroteio que matou Kurt Schork, seu companheiro de trabalho na agência Reuters, e Miguel Gil Moreno, operador de imagem da agência AP.

Aqui se relembram algumas das suas imagens ao longo do tempo. 


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.