Escolha as suas informações

Meghan e Harry vão produzir filmes e programas de TV para a Netflix
Cultura 03.09.2020

Meghan e Harry vão produzir filmes e programas de TV para a Netflix

Meghan e Harry vão produzir filmes e programas de TV para a Netflix

Foto: AFP
Cultura 03.09.2020

Meghan e Harry vão produzir filmes e programas de TV para a Netflix

O casal está comprometido em seguir causas humanitárias.

 O Príncipe Harry e a sua esposa Meghan Markle vão produzir filmes de ficção, documentários e séries para a Netflix, anunciou a plataforma em comunicado. 

O valor do contrato não foi revelado, no entanto, sabe-se que foi assinado para a produção de conteúdos e não inclui o regresso de Meghan aos ecrãs.

O casal  já tem vários projetos de obras, disse Netflix, incluindo uma série de documentários sobre a natureza e uma série animada sobre mulheres com destinos notáveis. "Vamos concentrar-nos na criação de conteúdo informativo mas que também dê esperança", disseram Meghan e Harry numa declaração. 

"As nossas vidas, independentemente uma da outra e como casal, deram-nos uma compreensão do poder da alma humana, coragem, resiliência e a necessidade de interacção", acrescentaram eles. 


"Santana" é o primeiro filme angolano a chegar à Netflix
A coprodução angolana "Dias Santana", de Maradona Dias dos Santos e Chris Roland, estreia-se no dia 28 de agosto na Netflix, com o título "Santana", tornando-se no primeiro filme angolano a estar disponível nesta plataforma de 'streaming'.

Os rumores da entrada do casal no mundo da televisão já circulavam há vários meses. Harry e Meghan mudaram-se para os Estados Unidos este ano e, em julho, mudaram-se para a Califórnia, o estado natal da atriz de 39 anos. 

O Duque e a Duquesa de Sussex deixaram oficialmente de ser membros ativos da família real em abril passado, depois do casal ter expressado o seu desejo de independência.

O acordo com a Família Real poderá ser revisto em 2021 para permitir que Harry e Meghan regressem ao mundo da realeza. 

O casal salientou a sua vontade de trabalhar com causas humanitárias, nomeadamente através da sua nova fundação, a Archewell. 

Ansiosos por atrair nomes célebres para aumentar ainda mais a sua audiência, a Netflix não hesitou em colocar dezenas de milhões de dólares em cima da mesa nos últimos anos para recrutar, entre outros, o casal Obama, a bem sucedida produtora Shonda Rhimes ou os criadores da série "Game of Thrones".

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas