Escolha as suas informações

Mamma Mia! Here We Go Again. Aí estão as férias
Venha dançar connosco!

Mamma Mia! Here We Go Again. Aí estão as férias

Venha dançar connosco!
Cultura 2 min. 25.07.2018

Mamma Mia! Here We Go Again. Aí estão as férias

António Raúl VAZ PINTO DA CUNHA REIS
António Raúl VAZ PINTO DA CUNHA REIS
O verão é conhecido no mundo da comunicação social como a “silly season”, ou seja, a estação da “parvalheira”, durante a qual se publicam notícias pouco sérias para continuar a encher as páginas dos jornais e assegurar a presença nas redes sociais.

Nos cinemas, o início do verão, sobretudo nos Estados Unidos, é o momento para lançar grandes filmes, nomeadamente aqueles que se destinam ao mercado infantil.

Na Europa, os cinemas apostam numa programação mais ligeira para levar as famílias às salas. Muitos dos filmes de animação fazem parte dessa estratégia que funciona cada vez melhor, pois a oferta do género cada vez mais serve todas as faixas etárias.

Um musical é também uma boa solução para as famílias, apesar de os adolescentes se auto-excluirem quase sempre deste tipo de filmes.

Para este verão temos então o regresso de “Mamma Mia”, que, até à saída de “Beauty and the Beast”, no ano passado, foi o musical com as melhores receitas de bilheteira de sempre ao atingir 615 milhões de dólares.

O novo filme começa no hotel de Donna, onde Sophie começa a tentar fazer renascer o projeto, enquanto que o seu casamento perde energia. O hotel parece novíssimo mas o espírito mantém-se e vai reunir ali personagens conhecidas (e algumas novas) para a abertura.

Sophie começa a redescobrir a sua mãe e essa é a desculpa para mostrar como tudo começou. Um flashback transforma o filme numa prequela, mostrando como a jovem Donna decidiu um dia partir para a Grécia. “Mamma Mia! Here We Go Again” segue duas linhas narrativas que se vão cruzando. Inicialmente a mais importante é a que tem por protagonista Donna e a forma como evolui a sua vida na Grécia. A seguir descobrimos as deceções de juventude da personagem principal e o aparecimento do hotel Bella Donna, assim como os “três pais” de Sophie, além da avó Cher.

Nesta nova tirada de “Mamma Mia”, os criadores continuam a acreditar que não é necessário ter como atores principais cantores e dançarinos para que a receita funcione.

A estrutura do filme – começando obviamente pelo título – são as canções dos Abba. Sucedem-se os grandes êxitos de que estávamos à espera e acrescentam-se alguns temas menos populares para bem do argumento. Contudo, ao longo do filme perdem-se oportunidades de aproveitar boas personagens e algumas situações.

A realização utiliza todos os recursos do género musical, acrescentando boas interpretações. “Mamma Mia! Here We Go Again” é um ótimo momento de entretenimento numa sala de cinema fresquinha, se lhe perdoarmos alguns dos seus elementos mais pirosos.

___________

“Mamma Mia! Here We Go Again”, de Ol Parker, com Meryl Streep, Amanda Seyfried, Pierce Brosnan, Lily James, Colin Firth, Cher, Julie Walters e Stellan Skarsgard.