Escolha as suas informações

Luxemburgo. Bairro da Gare esconde novo crime da série Capitani
Cultura 7 2 min. 25.02.2021

Luxemburgo. Bairro da Gare esconde novo crime da série Capitani

Luxemburgo. Bairro da Gare esconde novo crime da série Capitani

Cultura 7 2 min. 25.02.2021

Luxemburgo. Bairro da Gare esconde novo crime da série Capitani

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
O criador da série revelou ao Contacto que as filmagens da segunda temporada vão começar a 15 de março na capital e que a personagem lusodescendente ‘reaparece’ após mais uma fuga.

Por estes dias, toda a equipa de ‘Capitani’ prepara-se já para começar a gravar as novas aventuras do detetive Luc Capitani ((interpretado pelo ator Luc Schiltz),  em terras do Grão-Ducado.  

Depois do sucesso mundial da primeira temporada em que o crime decorre na floresta de uma pequena vila, na região este do país, desta vez a policia vai investigar agora o polícia vai mergulhar num submundo tenso e complicado da capital. 

“Vamos filmar de 15 de março a 24 de junho a segunda temporada que deverá ser lançada em fevereiro de 2022”, anuncia ao Contacto Thierry Faber, o criador da série. Desta vez, a história vai desenrolar-se “num ambiente de droga e da prostituição no bairro da Gare”, da capital, adianta Thierry Faber. E mais pormenores não revela para que os fãs da primeira temporada possam assistir em suspense ao novo crime.

Thierre Faber apenas diz que o enredo acontece “alguns anos depois” da resolução do mistério de Manscheid, a vila luxemburguesa onde Luc Capitani chegou no seu dia de folga para descobrir o paradeiro do seu antigo amor e se viu obrigado a ficar por uns dias para resolver um grande crime na floresta.

Sucesso inesperado

Depois do êxito que teve na RTL Luxemburgo onde estreou primeiro, esta produção 100% luxemburguesa desta estação de televisão em conjunto com a produtora Samsa Films despertou o interesse da gigante Netflix que comprou os seus direitos e a está a apresentar agora na plataforma. 


"Capitani". Série do Luxemburgo com mistério português é um sucesso mundial
O criador de "Capitani" revela a importância da personagem 'Carla' nesta história que deu a conhecer a vila de Bourglinster ao mundo.

A série estreou a 11 de janeiro e depressa se tornou um sucesso a nível mundial, estando entre as preferidas em mais de 30 países do mundo, desde a América Latina, Europa, Ásia e África.

Thierry Faber confessa que estava longe de imaginar que a sua série se tornasse neste êxito mundial. “Não, eu não esperava isso. Nem no Luxemburgo, e ainda menos na Netflix. Esperávamos que “funcionasse” no Luxemburgo e funcionou. O facto de a Netflix ter comprado a série já foi um grande sucesso para nós. O sucesso que nos espera está completamente para além do nosso alcance”, admite. A partir de 15 de março poderá se cruzar um dia com o detetive ‘Luc Capitani’ no Bairro da Gare onde vai estar a resolver uma intrincada história.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

"Capitani". Do Luxemburgo para o mundo
A chegada de "Capitani" à Netflix foi estrondosa: em dois dias passou a ser a série mais vista pelos utilizadores da plataforma de 'streaming' no Luxemburgo.