Escolha as suas informações

Instituto Camões inaugura novas instalações a 9 de Março
Cultura 3 min. 20.01.2016 Do nosso arquivo online
Merl

Instituto Camões inaugura novas instalações a 9 de Março

As novas instalações do Centro Cultural Camões ficam situadas no n° 4, place Joseph Thorn, em Merl
Merl

Instituto Camões inaugura novas instalações a 9 de Março

As novas instalações do Centro Cultural Camões ficam situadas no n° 4, place Joseph Thorn, em Merl
Foto: Lex Kleren
Cultura 3 min. 20.01.2016 Do nosso arquivo online
Merl

Instituto Camões inaugura novas instalações a 9 de Março

As novas instalações do Centro Cultural Português – Instituto Camões vão ser inauguradas no próximo dia 9 de Março, revelou ao CONTACTO o embaixador de Portugal, Carlos Pereira Marques.

As novas instalações do Centro Cultural Português – Instituto Camões vão ser inauguradas no próximo dia 9 de Março, revelou ao CONTACTO o embaixador de Portugal, Carlos Pereira Marques.

A mudança do Instituto Camões para a zona onde se situava a antiga fábrica da Luxlait, em Merl, foi noticiada em primeira mão pelo CONTACTO em Outubro.

Confirmada para a inauguração está já a presença da secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de Portugal, Teresa Ribeiro, além de membros do Governo luxemburguês e da burgomestre da cidade do Luxemburgo, adiantou ainda o embaixador.

“Até dia 28 de Janeiro temos que sair destas instalações”, explicou, por seu lado, o director do centro cultural, Joaquim Prazeres, referindo-se ao primeiro andar no n° 8 do boulevard Royal, na cidade do Luxemburgo, onde o Instituto Camões teve sede nos últimos 17 anos. A nova morada fica situada no n° 4, place Joseph Thorn, no cruzamento do boulevard Marcel Cahen com a rue Guillaume de Machault, em Merl.

“O mês de Fevereiro vai servir para fazer as mudanças e para os serviços se instalarem nos novos locais. O centro vai estar aberto, mas não vai ter actividades culturais para o público”, explica Pereira Marques. “As novas instalações estão quase prontas. O arquitecto Jean-Paul Carvalho tem feito um trabalho fantástico, de forma totalmente graciosa, vamos estar-lhe eternamente gratos”, diz o diplomata.

“Em termos de superfície, as novas instalações têm quase as mesmas dimensões que as do boulevard Royal, mas são mais funcionais. É um piso-térreo, um espaço mais aberto, moderno, despojado, com mais luz, dá de frente para uma enorme praça, é um local muito bom” diz, visivelmente satisfeito, Carlos Pereira Marques.

“É um espaço com as mesmas dimensões que o anterior, mas ligeiramente mais barato”, refere ainda o diplomata. Por falar em renda, quem paga? “O que ficou combinado com o Estado luxemburguês foi mantermos as mesmas disposições, nada muda: metade da renda é paga pelo Estado português e metade pelo Ministério da Família luxemburguês”.

Recorde-se que o Instituto Camões abriu em 1999 no Luxemburgo graças a um acordo entre os primeiros-ministros António Guterres e Jean-Claude Juncker. Guterres terá desabafado que gostaria de ter alguma “coisa cultural” no Grão-Ducado, mas que não tinha dinheiro. Juncker ouviu o desabafo e disse: “Não te preocupes que nós vamos arranjar o sítio e pagamos-te a renda”.

A nova imagem do centro cultural vai ser concebida pelo designer Eduardo Aires, como o CONTACTO já tinha anunciado a 28 de Outubro. O designer regressou ontem ao Luxemburgo para começar a trabalhar na nova imagem.

“O Eduardo Aires chega hoje [terça-feira] ao Luxemburgo e vai já começar a trabalhar. Queremos que o novo centro dê a imagem de Portugal como o país moderno e virado para o futuro que é”, diz o embaixador. A mudança do busto de Camões de Bonnevoie para Merl está também já agendada para o próximo 10 de Junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades.

“O busto de Camões vai ser restaurado e limpo nos museus da cidade do Luxemburgo e a sua inauguração oficial no novo local, um jardim em frente às novas instalações do Centro Cultural, está marcada para 10 de Junho”, confirmou o embaixador.

JLC


Notícias relacionadas

A inauguração do novo local do busto de Luiz de Camões, na place Joseph Thorn, em Merl, na cidade do Luxemburgo, decorre esta sexta-feira, com uma cerimónia alusiva ao 10 de Junho-Dia de Portugal, na presença da ministra da Administração Interna portuguesa, Constança Urbano de Sousa, e da burgomestre da capital, Lydie Polfer.
O busto de Camões, limpo e restaurado, vai estar presente nas comemorações do 10 de Junho, esta sexta-feira, às 10h, em Merl
O embaixador de Portugal, Carlos Pereira Marques, foi recebido na quinta-feira pelo novo secretário de Estado da Cultura luxemburguês, Guy Arendt. Os dois homens abordaram, entre outros assuntos, alguns projectos a levar a cabo em conjunto entre os dois países em 2016.
O Centro Cultural Português no Luxemburgo vai mudar de casa em 2016, "em princípio em Março ou Abril" do próximo ano, disse ao CONTACTO o embaixador de Portugal no Grão-Ducado. O busto de Camões em Bonnevoie, na praça Léon XIII, também vai mudar de local, e já tem lugar marcado no jardim do futuro centro cultural.
Blummennidderleen Inst. Camoes_pl. Leon XIII_Lux-Bonnevoie le 10.06.2011