Escolha as suas informações

Game Night: Uma noite no casino
Isto era para ser um jogo de cartas entre amigos…

Game Night: Uma noite no casino

Isto era para ser um jogo de cartas entre amigos…
Cultura 12.04.2018

Game Night: Uma noite no casino

António Raúl VAZ PINTO DA CUNHA REIS
António Raúl VAZ PINTO DA CUNHA REIS
As personagens principais deste filme são Max (Jason Bateman) e Annie (Rachel McAdams). Ambos sofrem da uma doença: não resistem a um jogo. Assim se conheceram e acabaram por casar-se. Juntos têm como principal passatempo bater casais em partidas de Pictionary e qualquer jogo de sociedade, desde que seja… um jogo e no qual possam vencer. O argumento não chega bem a explicar de que vivem Max e Annie, mas mostra que Max tem uma espécie de competição com o seu irmão Brooks que tem mais êxito na vida do que ele.

O filme começa com muita energia, oferecendo uma excelente descrição do mundo dos jogadores compulsivos. É interessante observar os comportamentos e tentar perceber o que os leva a tais extremos.

A segunda parte de “Game Night” torna-se num verdadeiro filme de ação envolvendo o casal protagonista, mas também Brooks e um polícia (Jesse Plemons).

Sem estragar a surpresa, pode dizer-se que há raptos, perseguições, assaltos e muitos outros acontecimentos. Fica a dúvida se estamos no domínio de um jogo muito realista ou se a realidade é verdadeiramente dramática.

Preferi a primeira metade do filme e o prazer de descobrir a doença que pode ser a dependência do jogo, mas o elemento mais agradável talvez seja o abundar de referências e piscadelas de olho a filmes tais como “Fight Club”, “Vacation” ou “Pulp Fiction”.

“Game Night” utiliza a cidade como um tabuleiro de jogo. Os realizadores optam por imagens que dão essa impressão e que deixa ainda mais dúvidas sobre estarmos perante factos reais ou um simples jogo.

Os realizadores de “Game Night”, John Francis Daley e Jonathan Goldstein, acrescentam à comédia elementos característicos dos “thrillers” e dos filmes policiais, mantendo um permanente humor (negro) e mostrando de forma brilhante que as suas personagens são ultrapassadas pelos acontecimentos.

_________

“Game Night”, de John Francis Daley e Jonathan Goldstein, com Jason Bateman, Rachel McAdams, Kyle Chandler, Sharon Horgan, Billy Magnussen, Lamorne Morris, Jesse Plemons e Michael C. Hall.