Escolha as suas informações

Sandy apresentou novo álbum na Rockhal
Cultura 7 2 min. 01.05.2016 Do nosso arquivo online
Filha de Mário Silva

Sandy apresentou novo álbum na Rockhal

Cultura 7 2 min. 01.05.2016 Do nosso arquivo online
Filha de Mário Silva

Sandy apresentou novo álbum na Rockhal

Na pequena sala da Rockhal, a cantora luso-descendente Sandy reuniu no sábado pouco menos de três centenas de fãs num espectáculo cheio de luz e cor, que encantou os presentes.

Na pequena sala da Rockhal, a cantora luso-descendente Sandy reuniu no sábado pouco menos de três centenas de fãs num espectáculo cheio de luz e cor, que encantou os presentes.

Após quase uma década afastada dos palcos, a cantora nascida e criada no Luxemburgo, regressou aos 32 anos com um novo trabalho discográfico, “Tudo faz sentido”.

Quando as luzes se apagaram na sala, que os cinco músicos e os dois coristas subiram ao palco e que a jovem artista entoou as suas primeiras canções, o público aplaudiu com força. Na voz de Sandy sentia-se a emoção que representava subir ao palco num país que a viu crescer. Essa emoção sentiu-se ainda mais quando lançou as primeiras palavras ao público para o agradecer de estar presente. Este soube apreciar a modéstia da cantora e respondeu com muitas palmas.

A cantora apresentou treze temas do seu novo disco. O saxofonista moçambicano Otis também subiu ao palco para acompanhar a cantora em diferentes temas, assim como André Letra (da dupla Miguel & André), que actuou em duo com a artista no tema “Ficaremos juntos”. O cantor colaborou aliás também neste novo álbum.

“A pêra não cai longe da árvore”, diz o provérbio. Sandy não é uma desconhecida no meio da música, já que é filha do conhecido cantor do Luxemburgo Mário Silva. Já em pequenina, acompanhava o pai nos espectáculos de norte a sul do Grão-Ducado e no estrangeiro. A par dos estudos aprendeu solfejo, piano e guitarra e com apenas 19 anos tentou afirmar-se na música portuguesa.

Mas nessa época, confia, sentiu-se muito “tenra” para enfrentar um mundo artístico que pode ser muito cruel e decidiu prosseguir os estudos. Na Faculdade de Estrasburgo, em França, licenciou-se em Francês, fez um mestrado e hoje dedica a sua vida profissional ao ensino.

Mas nunca perdeu a ligação ao mundo da música e confia que durante um jantar com um dos seus amigos e produtor, Ménito Ramos, “a ideia de voltar a trabalhar num projecto musical nasceu”. Desta vez, com mais calma, Sandy escolheu as canções que mais lhe agradavam e gravou um trabalho que condiz consigo, confia. Os treze temas do disco, que levou quase três anos para ser terminado, são “o espelho da minha vida”, disse a artista. ”Alegria,

sofrimento, tristeza, luta, esperança, determinação são alguns dos assuntos encontrados neste álbum”, segundo a cantora.

Carlos de Jesus

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Tem só 17 anos e já a compararam a Lauryn Hill e a Billie Eilish, mas a jovem cantora prefere afirmar-se por si. Desde o final de 2019 que o Luxemburgo passou a ser a sua casa.
Vocalista dos Santos & Pecadores
O cantor português Olavo Bilac vai lançar um novo single antes do Verão. O anúncio foi feito ao CONTACTO após o seu concerto no bar Zulu Blanc, este sábado, na cidade do Luxemburgo.
Miguel Araújo esteve ontem no Luxemburgo, para um concerto na Philharmonie. Considerado um dos artistas mais completos da nova geração da música portuguesa, o cantor e compositor do Porto actuou durante quase duas horas com casa cheia.
Miguel Araújo diz que ficou surpreendido com o carinho do público do Luxemburgo