Escolha as suas informações

Festival é solidário com os “Meninos e Meninas de Rua” no Brasil: Festival do filme brasileiro cresce de ano para ano
Pieca Levy

Festival é solidário com os “Meninos e Meninas de Rua” no Brasil: Festival do filme brasileiro cresce de ano para ano

Foto: Manuel Dias
Pieca Levy
Cultura 3 min. 17.10.2014

Festival é solidário com os “Meninos e Meninas de Rua” no Brasil: Festival do filme brasileiro cresce de ano para ano

Pela 4ª edição consecutiva, o Festival do filme brasileiro chega em Novembro às salas de cinema da cidade do Luxemburgo, entre os dias 12 e 22 de Novembro, e apresenta dez obras cinematográficas todas elas premiadas no Brasil, numa selecção de cinema de qualidade.

Pela 4ª edição consecutiva, o Festival do filme brasileiro chega em Novembro às salas de cinema da cidade do Luxemburgo, entre os dias 12 e 22 de Novembro, e apresenta dez obras cinematográficas todas elas premiadas no Brasil, numa selecção de cinema de qualidade.

Este ano em 5 salas de cinema espalhadas pelo país (cidade do Luxemburgo, Bettembourg e Dudelange), o público poderá assistir aos mais variados géneros cinematográficos, desde o “western” brasileiro ao drama, romance, acção, animação, documentários e inclusive um filme para crianças.

Para a “soirée” de abertura no dia 12 de Novembro às 19h30 a organização escolheu o filme “Faroeste Caboclo”, um “western” brasileiro pleno de acção e drama, aclamado como a “melhor longa metragem de ficção” este ano, que poderá ser visto no cinema Utopolis em Kirchberg.

A apresentação ao público da 4ª edição do Festival do filme brasileiro decorreu esta quinta-feira no restaurante Vapiano na Gare na capital, na presença de convidados e imprensa, e a representante da organização do Festival no Luxemburgo, Pieca Levy, explicou os detalhes do evento ao CONTACTO.

“Este ano trazemos um programa maior, mais rico, em torno de duas grandes temáticas: o Brasil no feminino e o filme animado. A questão da mulher é muito importante, nós temos um país onde o Presidente da República é uma mulher e é importante colocar em valor a Mulher, não somente a mulher brasileira mas todas as mulheres e como recentemente temos tido muitos filmes premiados nesse tema, seleccionámos alguns para apresentar nesta edição, como por exemplo o filme “As Hipermulheres” (legendado em inglês) que mostra a realidade indígena no Brasil, a mulher indígena”, esclareceu Pieca Levy na apresentação do Festival.

Para a “soirée” de abertura, a organização celebrou uma parceria com a Organização não governamental (ONG) “Meninos e Meninas de Rua” do Luxemburgo e a receita da bilheteira do filme “Cidade de Deus – Dez Anos Depois” reverterá totalmente a favor da Fundação “Meninos e Meninas de Rua”.

Nas salas dos cinemas Utopolis e Utopia em Kirchberg serão exibidos três filmes recentes aclamados pela crítica brasileira, entre eles “Faroeste Caboclo” (12 de Novembro – Utopolis), “A cidade de Deus – 10 anos depois” (14 de Novembro – Utopia) e o filme “Entre vales” (21 de Novembro – Utopia).

Quatro filmes serão projectados na Cinemateca, em pleno centro da cidade do Luxemburgo, sob a temática “O Brasil no feminino”: “Flores Raras” (13 de Novembro), “Elena” (17 de Novembro), “Abismo prateado” (18 de Novembro) e “As Hipermulheres” (19 de Novembro).

Em parceria com o Serviço de Igualdade de Chances da Comuna de Bettembourg, a organização do Festival brasileiro promove também o filme “Casa de Areia” que pode ser visionado no Ciné Le Paris Bettembourg no dia 20 de Novembro.

Os filmes de desenho animado terão lugar no Ciné Starlight em Dudelange, nos dias 16 de Novembro com a apresentação de “O menino e o mundo” e o encerramento do Festival é a 22 de Novembro com o filme de animação “Uma história de amor e fúria”.

Criado em 2011 por um grupo de amigos, o Festival do filme brasileiro ganhou recentemente um novo estatuto passando a ser desde Março de 2014 uma Associação sem fins lucrativos” (asbl). “Era preciso crescer e deixarmos de ser um grupo de voluntários para nos profissionalizarmos”, acrescentou Pieca Levy.

O programa completo está disponível no site www.festivaldufilmbresilien.lu

Mais informações sobre a Organização não governamental “Meninos e Meninas de Rua” estão disponíveis no site da Fundação www.fmmr.lu

Patrícia Marques


Notícias relacionadas

Até 6 de Março: Festival de Cinema do Luxemburgo já arrancou
A sexta edição do festival de cinema da cidade do Luxemburgo, "Luxembourg City Film Festival", arrancou na quinta-feira à noite no Utopolis, em Kirchberg, e decorre até 6 de Março. O certame traz 65 filmes no programa, um dos quais fala da imigração portuguesa no Luxemburgo, o documentário "Eldorado".
Luxemburgo: Festival de cinema brasileiro regressa em Novembro com 11 filmes
O festival de cinema brasileiro regressa ao Luxemburgo de 12 a 20 de Novembro, com 11 filmes projectados em três localidades no país, incluindo quatro sobre identidade de género, um dos temas desta quinta edição. Outro dos destaques é a vinda do actor brasileiro Lino Facioli, conhecido pelo papel de Robin Arryn no popular "Guerra dos Tronos".