Escolha as suas informações

Festival de Cinema Português arranca na próxima semana
Cultura 1 01.11.2019

Festival de Cinema Português arranca na próxima semana

Festival de Cinema Português arranca na próxima semana

Cultura 1 01.11.2019

Festival de Cinema Português arranca na próxima semana

O festival começa no dia 8 de novembro, com a projeção do filme "Gelo", na presença dos realizadores. Ao todo, são nove os filmes que vão ser exibidos no Luxemburgo, uma iniciativa do Centro Cultural Português – Camões e da Embaixada de Portugal no Luxemburgo.

Uma seleção de nove longas-metragens será exibida durante a mostra anual de filmes lusos no Luxemburgo. O destaque deste ano é o filme "Snu" de Patrícia Sequeira, sobre o romance entre o antigo primeiro-ministro Francisco Sá Carneiro e a companheira Snu Abecassis.

Para além deste drama biográfico, o cartaz inclui ainda oito filmes portugueses: "Gelo", "Tabu", "Pedro e Inês", "Refrigerantes e canções de amor", "São Jorge", "Faz-me companhia", "Correspondências" e "Cruzeiro Seixas: As cartas do rei Artur".

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

A abertura do festival está marcada para o dia 8 de novembro, com o filme "Gelo", no cinema Utopia, que vai contar com a presença dos realizadores Luís Galvão Teles e Gonçalo Galvão Teles.

O festival decorre entre o dia 8 e 16 de novembro em três salas da capital: Cinemateca, Cinema Utopia e Centro Cultural Português – Camões.

Pode consultar o programa completo aqui: www.vdl.lu.


Notícias relacionadas

Termina este domingo: Festival de Cinema Português
Passou de quinzena a festival. A mostra anual de filmes lusos no grão-ducado agora intitulada 'Festival de Cinema Português no Luxemburgo' decorre até 25 de novembro em várias salas de cinema da capital, incluindo, pela primeira vez, a Cinemateca.
Sara Sampaio no Grão-Ducado?
Vamos poder ver a top model, sem asas, no filme "Carga" que passa no Festival de Cinema Português no Luxemburgo. Um acontecimento com outras descobertas, como a "Peregrinação" de João Botelho.
Festival de Cannes: Entre palhaços e futebolistas
O meu “coup de coeur” de Cannes é até agora um filme luso-brasileiro. A única longa metragem portuguesa na seleção oficial é um belíssimo filme do brasileiro Cacá Diegues: “O Grande Circo Místico”.
Vincent Cassel, o francês mais brasileiro da Sétima Arte, em “O Grande Circo Místico”.
Quinzena de Cinema Português no Luxemburgo: Como manter excelentes relações com a família
Todos sabemos que quando vamos “lá abaixo” não temos tempo para filmes. Já todos passámos à porta de um multiplex num centro comercial e pensámos: “Amanhã vou ver este filme português”. E todos nós acabamos por preferir ir apanhar sol numa esplanada ou decidimos aceitar o convite da tia Maria José para jantar, ela que já nos anda a dizer para ir lá a casa há três Verões...
Quando a francesa Fanny Ardant dirige uma paleta de grandes actores europeus, o resultado chama-se “Cadências Obstinadas”