Escolha as suas informações

Fábio Godinho. O primeiro português a representar o Luxemburgo no Festival d’Avignon
Cultura 12 04.12.2019

Fábio Godinho. O primeiro português a representar o Luxemburgo no Festival d’Avignon

Fábio Godinho. O primeiro português a representar o Luxemburgo no Festival d’Avignon

Foto: Vasco Santos
Cultura 12 04.12.2019

Fábio Godinho. O primeiro português a representar o Luxemburgo no Festival d’Avignon

Manuela PEREIRA
Manuela PEREIRA
O ator e encenador continua a dar cartas no mundo teatral. O português, que cresceu no Luxemburgo, foi selecionado pelo Ministério da Cultura para representar o Grão-Ducado no mítico Festival d’Avignon, em 2020.

Fábio Godinho fica desde já para a história como o primeiro português a representar o Luxemburgo num dos maiores eventos mundiais do teatro.

O feito deve-se à peça “Sales Gosses”, estreada no Luxemburgo em outubro de 2018 e, que foi um sucesso de bilheteira. A peça encenada por Fábio Godinho vai ser interpretada, em julho do próximo ano, na maior montra internacional de teatro.

A Rádio Latina falou esta tarde com Fábio Godinho que não escondeu a satisfação com a escolha do Ministério da Cultura, redobrada de um maior simbolismo pelo facto de o ator e encenador ser português.

“Sales Gosses”, da autoria da romena Mihaela Michailov, tem para além de encenação lusa outros dois portugueses envolvidos: José de Moura compôs a banda sonora e Marco Godinho – irmão mais velho de Fábio e o primeiro luso-luxemburguês a representar o Luxemburgo na Bienal de Veneza deste ano – fez a cenografia. Um duo fraterno que tem elevado as artes grã-ducais além fronteiras.

“Sales Gosses” é uma produção do Teatro do Centauro e aborda um tema bem atual: o ‘mobbing’ (assédio) nas escolas. Esta é a peça, com encenação de Fábio Godinho, que o Luxemburgo selecionou para representar o país no próximo Festival d’Avignon.

O festival vai para 74 anos de existência e é atualmente um dos eventos teatrais mais importantes do mundo.

Todos os anos, em julho, aquela cidade francesa transforma-se no palco para centenas de artistas do mundo teatral . Em 2020, o festival decorre de 3 a 23 de julho, sendo esperados cerca de 150 mil espectadores.



Notícias relacionadas

Dia 30 de Setembro: Fábio Godinho estreia-se como dramaturgo no Teatro Nacional do Luxemburgo
O actor português Fábio Godinho vai apresentar a primeira peça da sua autoria no Teatro Nacional do Luxemburgo, a 30 de Setembro. "Que la terre m’étouffe si j’agis faussement" é o nome da peça assinada pelo actor português nascido no Luxemburgo, nesta que é a sua primeira incursão no teatro enquanto dramaturgo. Um texto que aborda as dificuldades da emigração para as novas gerações.
Fábio Godinho na peça "Mil francos de recompensa", de Victor Hugo, no Teatro do Centauro