Exposição

Filhos de Auschwitz na Villa Pauly

Villa Pauly
Villa Pauly
Foto: visitluxembourg.com

“Não esqueçam os filhos de Auschwitz” (“Vergesst uns nicht. Die Kinder von Auschwitz”, em alemão) é o nome da exposição itinerante sobre o holocausto que está patente até ao próximo dia 8 de dezembro na ‘Villa Pauly’, na cidade do Luxemburgo.

A inauguração da mostra esta quinta-feira, 9 de novembro, contou com as presenças do primeiro-ministro luxemburguês, Xavier Bettel, e do presidente do Parlamento, Mars Di Bartolomeo, entre outras personalidades.

“Não esqueçam os filhos de Auschwitz” são 24 cartazes em alemão que dão a conhecer biografias de várias crianças que estiveram, ou que até nasceram, em campos de concentração e que conseguiram sobreviver ao holocausto.

A mostra, criada por Alwin Meyer, chega ao Luxemburgo emprestada pelo Centro de Informação e Documentação de Stadtallendorf, na Alemanha.

Esta versão tem a contribuição do luxemburguês Georges Büchler, do Museu Nacional da Resistência. O trabalho de Büchler conta a história de Marcel Handzel, uma criança judia luxemburguesa assassinada em Auschwitz.

O local da exposição não foi escolhido por acaso, já que se trata do edifício que serviu de sede à polícia secreta alemã Gestapo entre 1940 e 1945. Durante a ocupação nazi, na Villa Pauly, dezenas de judeus foram humilhados, maltratados e aterrorizados antes de serem enviados para os campos de concentração.

O Luxemburgo foi invadido pelas tropas alemãs no dia 10 de maio de 1940. Nessa altura, viviam grão-ducado cerca de 3.900 judeus. Desses, 1.300 foram deportados para os campos de extermínio nazis, nos três anos seguintes, e apenas 50 sobreviveram e regressaram ao país no fim da guerra.

A exposição itinerante está patente na ‘Villa Pauly’ até 8 de dezembro. Depois passa por Mondorf-les-Bains (de 8 de dezembro a 10 de janeiro) e Ettelbruck (de 13 a 28 de janeiro).

As reservas para visitas guiadas para grupos e escolas podem ser efetuadas pelo número de telefone 24782281 ou pelo e-mail: daniel.bousser@me.etat.lu.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.