Escolha as suas informações

Exposição em Santo Antão, Cabo Verde: Artista plástico Nelson Neves regressa às origens
Cultura 7 23.01.2015 Do nosso arquivo online

Exposição em Santo Antão, Cabo Verde: Artista plástico Nelson Neves regressa às origens

Cultura 7 23.01.2015 Do nosso arquivo online

Exposição em Santo Antão, Cabo Verde: Artista plástico Nelson Neves regressa às origens

O artista plástico luxemburguês Nelson Neves,  de origem cabo-verdiana, expôs pela primeira vez na ilha onde nasceu, em Santo Antão, Cabo Verde. Depois da exposição na ilha de S. Nicolau, em Novembro do ano passado, o pintor foi convidado pela autarquia de Ribeira Grande a expor obras da colecção “Evolução”.

O artista plástico luxemburguês Nelson Neves,  de origem cabo-verdiana, expôs pela primeira vez na ilha onde nasceu, em Santo Antão, Cabo Verde. Depois da exposição na ilha de S. Nicolau, em Novembro do ano passado, o pintor foi convidado pela autarquia de Ribeira Grande a expor obras da colecção “Evolução”.

“Já tinha feito aqui um atelier de pintura, mas esta foi a primeira exposição que fiz na terra onde nasci. Fui muito bem recebido pela minha autarquia de Ribeira Grande”, disse Nelson Neves ao CONTACTO.

A mostra, incluída na festa do município, esteve patente entre os dias 9 e 17 de Janeiro, num internato para crianças financiado pela cooperação luxemburguesa.

Nelson Neves levou até Cabo Verde 20 quadros figurativos da sua colecção “Evolução” e gostou da reacção dos conterrâneos.

“As pessoas ficaram contentes e surpreendidas, porque pensavam que eu pintava apenas cenas da vida quotidiana, como pescadores, etc. O meu percurso é uma ’Evolução’ em direcção ao figurativo e ao abstracto, e fico contente por ver pintores cabo-verdianos como Bento Oliveira e Tchalé Figueira, que deram o salto para o abstracto e fazem coisas diferentes dos outros”, disse Nelson Neves.

Além da exposição, o artista organizou também um atelier de pintura para crianças, e esteve presente numa sessão solene junto do autarca local Orlando Delgado, tendo ainda participado numa missa celebrada pelo bispo de Mindelo, Ildo Fortes.

O edil do município vizinho de Porto Novo, que esteve também na exposição, convidou também Nelson Neves para fazer outra exposição com os quadros da colecção “Evolução” no seu município.

Se as transportadoras TAP e a TACV facilitarem o transporte dos quadros do pintor, como aconteceu desta vez, Nelson Neves pensa já no regresso a Santo Antão.

Henrique de Burgo


Notícias relacionadas