Escolha as suas informações

Eurovisão chega aos Estados Unidos da América no próximo ano
Cultura 3 min. 17.05.2021

Eurovisão chega aos Estados Unidos da América no próximo ano

Eurovisão chega aos Estados Unidos da América no próximo ano

Foto: AFP
Cultura 3 min. 17.05.2021

Eurovisão chega aos Estados Unidos da América no próximo ano

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
Formato europeu será replicado no território norte-americano, em 2022, com o nome American Song Contest. Entretanto é já amanhã que se realiza a primeira semi-final do Festival Eurovisão da Canção deste ano, a decorrer em Roterdão.

Os Estados Unidos da América vão ter o seu próprio festival da Eurovisão já a partir do próximo ano. O formato europeu será replicado no país, com o nome de American Song Contest, segundo divulgou, esta sexta-feira, a União Europeia de Radiodifusão (UER), responsável pela organização do Festival Eurovisão da Canção.

No formato americano, os concorrentes representarão, com uma canção original, cada estado americano, refletindo os "diferentes estilos e géneros" musicais do país.

A primeira edição será transmitida já em 2022 e nela participarão os 50 estados federais dos EUA, assim como mais cinco territórios americanos e a capital Washington DC. Os concorrentes vão disputar o troféu para 'Melhor Canção Original'.

Embora seja uma réplica do formato europeu, haverá algumas diferenças. A versão americana não terá duas semi-finais e uma final, mas antes várias etapas, que incluem rondas de qualificação, semifinais e uma Grande Final para escolher o vencedor.  A transmissão do concurso será feita pela NBC.

"Durante 65 anos, o Concurso Eurovisão da Canção ligou pessoas em todo a parte. Como detentores deste formato extremamente bem sucedido, vimos como ele conquistou um lugar em milhões de corações em toda a Europa e fora dela. Agora estamos entusiasmados por termos encontrado os parceiros perfeitos para partilhar este concurso único e a sua celebração apaixonada pela música e pelas canções originais com o povo americano", afirmou Martin Österdahl, Supervisor Executivo do Festival Eurovisão da Canção.

Antes disso, arranca já esta terça-feira a primeira semi-final do concurso europeu.  Em cada semifinal são escolhidos dez países e na primeira competem  Lituânia, Eslovénia, Rússia, Suécia, Austrália, Macedónia do Norte, Irlanda, Chipre, Noruega, Croácia, Bélgica, Israel, Roménia, Azerbaijão, Ucrânia e Malta.

A segunda semifinal acontece na quinta-feira, 19 de maio, e será disputada por Portugal, São Marino, Estónia, República Checa, Grécia, Áustria, Polónia, Moldávia, Islândia, Sérvia, Geórgia, Albânia, Bulgária, Finlândia, Letónia, Suíça e Dinamarca.  

Os ensaios das delegações começaram este fim de semana, em Roterdão.

Cerca de 40 países em competição

Ao todo 39 países competem, esta semana, no Festival Eurovisão da Canção, que decorre em Roterdão, nos Países Baixos. Depois de um ano de interrupção devido à pandemia da covid-19, o concurso regressa com a 65.ª edição, com a final a acontecer no sábado.

Além dos vencedores das semifinais, os restantes seis países - os chamados 'Cinco Grandes' (França, Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido) e o país anfitrião (Países Baixos) - têm acesso garantido à final.

 A 65.ª edição do concurso, que se realiza anualmente na Europa desde 1956, deveria ter acontecido em maio do ano passado, em Roterdão, mas a União Europeia de Radiodifusão  decidiu adiá-la um ano, por considerar que não estavam reunidas as condições para a sua realização.

Tatanka e Black Mamba representam Portugal.
Tatanka e Black Mamba representam Portugal.
AFP

De modo a garantir que o concurso acontece mesmo, os concorrentes dos 39 países em competição gravaram as atuações nos seus países, para poderem participar caso não fosse possível viajarem para Roterdão.  

Pelo menos essa será a solução para a Austrália, um dos países a concurso, cuja delegação não vai poder participar fisicamente no festival, por causa de restrições relacionadas com a pandemia.

As duas semifinais e a final vão ter público a assistir ao vivo, tendo a organização colocado à venda este mês 3.500 bilhetes por espetáculo. 

Apesar disso, há medidas a seguir, já que "todas as delegações, artistas e equipa de produção seguem um protocolo rigoroso e não terão contacto com elementos do público", refere a organização, citada pela Lusa.

Portugal concorre com a música 'Love is on my side', em inglês, da autoria de Tatanka, o vocalista do grupo The Black Mamba.

Tatanka é um dos fundadores dos The Black Mamba, banda formada em 2010 e que se move no universo dos blues, da soul e do funk.


  


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Portugal está na final da 65.ª edição do Festival Eurovisão da Canção com a canção “Love Is On My Side”, interpretada pelos The Black Mamba, e que vai decorrer no sábado, em Roterdão (Países Baixos). Reveja aqui a atuação da banda portuguesa.
Dezoito países competem hoje na segunda semifinal da 63.ª edição do Festival Eurovisão da Canção, que decorre em Lisboa, e na qual irão atuar também Alemanha, França e Itália, automaticamente apurados para a final.
09.05.2018, Lissabon: Sanja Ilic & Balkanika aus Serbien stehen während der 2. Generalprobe des 2. Halbfinals des Eurovision Song Contest auf der Bühne. Das Finale findet am 12. Mai 2018 statt. Foto: Jörg Carstensen/dpa +++ dpa-Bildfunk +++