Escolha as suas informações

Co-produções luxemburguesas premiadas no Festival de Cannes
Cultura 28.05.2019

Co-produções luxemburguesas premiadas no Festival de Cannes

O filme "Chambre 212", co-produzido pelo Luxemburgo, ganhou o prémio de melhor atriz (secção "Un Certain Regard"), com Chiara Mastroianni, ao centro.

Co-produções luxemburguesas premiadas no Festival de Cannes

O filme "Chambre 212", co-produzido pelo Luxemburgo, ganhou o prémio de melhor atriz (secção "Un Certain Regard"), com Chiara Mastroianni, ao centro.
Foto: Arquivo LW
Cultura 28.05.2019

Co-produções luxemburguesas premiadas no Festival de Cannes

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Quatro co-produções representaram o Luxemburgo no Festival de Cannes. Duas delas foram premiadas.

Duas co-produções luxemburguesas foram premiadas no 72º Festival de Cinema de Cannes, ambas na secção competitiva "Un Certain Regard", uma secção paralela do festival de Cannes.

A longa-metragem "Chambre 212", de Christophe Honoré, co-produzido pela produtora luxemburguesa Bidibul, ganhou o prémio de melhor atriz, com Chiara Mastroianni.

Já o prémio do júri foi para a longa-metragem "Viendra le feu" (O que arde), realizado por Oliver Laxe e co-produzido pela produtora luxemburguesa Tarantula.

O Grão-Ducado esteve ainda representado em Cannes com outras duas co-produções: Melusine, com o filme "As Andorinhas de Cabul", e Samsa Film, com "Orfanato", filme que fez parte da secção "Quinzena dos Realizadores".


Notícias relacionadas