Escolha as suas informações

Cine Ermesinde: Novo cinema de Mersch fica situado no Liceu Ermesinde

Cine Ermesinde: Novo cinema de Mersch fica situado no Liceu Ermesinde

Foto: Frank WEYRICH
Cultura 03.10.2014

Cine Ermesinde: Novo cinema de Mersch fica situado no Liceu Ermesinde

A cidade de Mersch tem desde quinta-feira um cinema, o primeiro em quase 50 anos. O Cine Ermesinde fica situado nas instalações do novo liceu do mesmo nome, que ali foi criado há dois anos.

Alunos e cinéfilos vão cruzar-se no novo cinema, que dispõe de 150 lugares, garante o grupo Caramba, que gere esta sala escura e que possui outras em Esch/Alzette (Ariston e Kinosch), Rumelange (Kursaal) e Mondorf (Cine Waasserhaus).

Para o primeiro ano de actividade, a autarquia de Mersch atribuiu uma verba de 34 mil euros ao novo cinema, revelou o burgomestre Albert Henkels. O autarca recordou ainda que "o último cinema da cidade funcionava no Café Lacaf, mas fechou nos anos 1960".

O director do Liceu Ermesinde, Jeannot Medinger, explica que o cinema vai ser utilizado para actividades escolares, como o visionamento de conteúdos educativos e no só, mas que os alunos das outras escolas e público em geral são bem-vindos ao novo cinema. Na bilheteira, na sala de projecção e no balcão das pipocas são também jovens que vão estar a trabalhar.

O presidente da Caramba, Raymond Massard, promete uma programação pensada para as famílias, os jovens e o grande público.

O filme que inaugurou a sala é a prova disso mesmo, trata-se de um dos últimos êxitos de Hollywood, "And So It Goes“, protagonizado por Michael Douglas e Diane Keaton.

Nesta fase inicial, os filmes vão ser exibidos apenas em três horários semanais: na quinta-feira à tarde, às 16h30, será programado um filme para os jovens; no mesmo dia, às 19h30, um filme para o grande público; e no domingo à tarde, um filme familiar.


Notícias relacionadas

Quinzena de Cinema Português no Luxemburgo: Como manter excelentes relações com a família
Todos sabemos que quando vamos “lá abaixo” não temos tempo para filmes. Já todos passámos à porta de um multiplex num centro comercial e pensámos: “Amanhã vou ver este filme português”. E todos nós acabamos por preferir ir apanhar sol numa esplanada ou decidimos aceitar o convite da tia Maria José para jantar, ela que já nos anda a dizer para ir lá a casa há três Verões...
Quando a francesa Fanny Ardant dirige uma paleta de grandes actores europeus, o resultado chama-se “Cadências Obstinadas”
Famel Top Secret: Os entusiastas
Portugal esteve quase sempre ausente do mercado automóvel e das motas. Como fabricante, obviamente. No domínio das quatro rodas, houve tentativas que marcaram a história. Quem não se lembra do jipe UMM, que ainda hoje é procurado pelos mais nostálgicos?
“Famel Top Secret”, sobre as populares motas portuguesas com o mesmo nome, estreia sexta-feira no cinema Ariston