Escolha as suas informações

Carlos do Carmo. Cerimónias fúnebres realizam-se na segunda-feira em Lisboa
Cultura 02.01.2021

Carlos do Carmo. Cerimónias fúnebres realizam-se na segunda-feira em Lisboa

Carlos do Carmo. Cerimónias fúnebres realizam-se na segunda-feira em Lisboa

Foto: Lusa
Cultura 02.01.2021

Carlos do Carmo. Cerimónias fúnebres realizam-se na segunda-feira em Lisboa

Lusa
Lusa
As cerimónias coincidem com o dia de luto nacional, pela morte de Carlos do Carmo, decretado pelo Governo, para segunda-feira.

As cerimónias fúnebres do fadista Carlos do Carmo, que morreu hoje, aos 81 anos, realizam-se na segunda-feira, na Basílica da Estrela, em Lisboa, disse à agência Lusa um dos seus filhos.

O velório tem início às 09:00 de segunda-feira, na Basílica, sendo rezada missa de corpo presente pelas 14:00.

Segue-se o funeral para um cemitério da capital portuguesa ainda a designar, segundo a família do cantor.

As cerimónias coincidem com o dia de luto nacional, pela morte de Carlos do Carmo, decretado pelo Governo, para segunda-feira.


Morreu o fadista Carlos do Carmo
O cantor, de 81 anos, morreu na manhã desta sexta-feira, no hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde tinha dado entrada ontem com um aneurisma. Confirmou ao semanário português Expresso fonte da família.

Carlos do Carmo morreu hoje, aos 81 anos, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Nascido em Lisboa, em 21 de dezembro de 1939, era filho da fadista Lucília do Carmo (1919-1998) e do livreiro Alfredo Almeida, proprietários da casa de fados O Faia, onde começou a cantar, até iniciar a carreira artística, em 1964.

Distinguido com o Grammy Latino de Carreira, em 2014, entre outros galardões, o seu percurso passou pelos principais palcos mundiais, do Olympia, em Paris, à Ópera de Frankfurt, na Alemanha, do 'Canecão', no Rio de Janeiro, ao Royal Albert Hall, em Londres.


Políticos e artistas homenageiam Carlos do Carmo
Começando por Marcelo Rebelo de Sousa, passando por António Costa, e acabando em nomes como Herman José, Sérgio Godinho e Fernando Tordo, todos lhe elogiam a pessoa e o seu papel na música portuguesa. A sua editora revela que há um último disco para sair que deixou Carlos do Carmo.

O cantor despediu-se dos palcos em 09 de novembro de 2019, com um concerto no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.

A publicação do seu derradeiro álbum, "E Ainda?", prevista para o passado mês de novembro, foi anunciada hoje para este ano, pela editora Universal Music.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Morreu o fadista Carlos do Carmo
O cantor, de 81 anos, morreu na manhã desta sexta-feira, no hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde tinha dado entrada ontem com um aneurisma. Confirmou ao semanário português Expresso fonte da família.