Escolha as suas informações

Bienal de Dança da Lorena: Coreografia de luso-descendente evoca a imigração portuguesa
Cultura 7 2 min. 01.12.2013

Bienal de Dança da Lorena: Coreografia de luso-descendente evoca a imigração portuguesa

O espectáculo "Traces", com coreografia da luso-descendente Sosana Marcelino e textos da escritora Isabel Mateus, subiu ao palco na passada quinta-feira, pelas 20h, na bienal de dança da Lorena "Exp-Edition 01", perante sala cheia no Teatro Saulcy, em Metz. O desafio para a coreógrafa é "encontrar novos lugares para trabalhar e difundir a sua dança". Veja as fotos.

Os textos do livro de Isabel Mateus "Maria, Manuel e outros", em que a escritora retrata o percurso da imigração em França, maioritariamente clandestina, formam a base sobre a qual Sosana Marcelino interpreta a sua dança.

Em Metz os textos foram lidos em Português e em Francês, por Nathalie de Oliveira, Conselheira municipal de Metz e representante da emigração portuguesa. "Aceitei fazer a leitura dos textos porque esta criação é uma prova de amor suplementar para as comunidades portuguesas. A emigração é uma ferida, um sofrimento, mas também uma oportunidade sem precedentes para aqueles que partiram e para os herdeiros dos ‘nómadas’ face a uma vida melhor", revelou ao CONTACTO Nathalie de Oliveira.

"Fui a primeira a ler ‘Terra do Chiculate’ e a redigir o prefácio e ler hoje esta criação representa para mim uma homenagem aos meus, ao futuro da nossa ‘portugalidade’ que terá certamente melhores dias à sua frente", concluiu a Conselheira Comunal.

O espectáculo foi criado a partir de memórias gestuais que cada um tem de si e tem como intenção imortalizar essas memórias, ligadas ao meio ambiente, com diferentes origens. "Traces" representa assim o mundo actual e a sua riqueza, expressa nos relacionamentos interculturais.

O espectáculo contou com 8 profissionais em palco : Bruno Salvador, Leïla Bessahli, Léa Köves, Emilie Lefèvre e Nathalie Simon na dança. Na música estiveram Carine Gontran e Stefan Scheib, e na leitura dos textos Nathalie de Oliveira.

Quer a coreógrafa quer a escritora encontram-se neste momento em Macau, para participarem no programa «Luso-Talentos 2012/2013@Macau» promovido pelo Observatório dos Luso-Descendentes, numa viagem asiática que irá continuar em Hong Kong, com o desempenho do espectáculo "Traces".

"Traces" tem o apoio do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal e do Observatório de Luso-Descendentes.

Mais informações sobre o espectáculo “Traces” estão disponíveis no site http://biennale-danse-lorraine.fr/Exp.Edition/lucile_guin.html.

Patrícia Marques