Escolha as suas informações

Ben Affleck filma atrocidades no Congo
Cultura 22.11.2019

Ben Affleck filma atrocidades no Congo

Ben Affleck filma atrocidades no Congo

Cultura 22.11.2019

Ben Affleck filma atrocidades no Congo

Telma MIGUEL
Telma MIGUEL
A história retrata as atrocidades de Leopoldo II da Bélgica.

 O conhecido ator Ben Affleck vai dirigir e produzir um filme baseado nas atrocidades cometidas pelo rei belga Leopoldo II no então chamado Congo Livre, entre 1885 e 1908.

O filme baseia-se no livro O Fantasma do Rei Leopoldo, do jornalista Adam Hochschild, e centra-se no período de 13 anos durante os quais foram mortas cerca de 8 milhões de pessoas.

O jornal Brussels Times refere que o filme contará a história de três homens - um missionário americano negro, um jornalista inglês e um espião irlandês - que denunciaram a situação. As atrocidades cometidas a mando de Leopoldo II, naquilo que lhe tinha sido atribuído como propriedade pessoal, gerou um escândalo internacional que inspiraria Joseph Conrad a escrever o romance Coração das Trevas. Umas décadas mais tarde, em 1979, Francis Coppola inspirar-se-ia na história para o seu Apocalipse Now.

O interesse de Ben Affleck no Congo não é recente. O ator e realizador é um dos fundadores da Iniciativa Congo Oriental, considerada como a primeira organização não governamental norte-americana de defesa dos habitantes da República Democrática do Congo.

Ben Affleck ganhou os principais prémios da indústria cinematográfica - incluindo um Óscar - com o filme Argo, uma longa meo terceiro time que realizou em em 2013.

Martin Scorcese e o ator e ativista Harry Belafonte irão participar também na produção do filme.