Atomic Blonde

A bomba atómica em Berlim

Quem viveu nos anos 80 sabe que a moda era estranha...
Quem viveu nos anos 80 sabe que a moda era estranha...

Fui ver este filme com vontade de gostar mas comecei com imensas dúvidas. Charlize Theron é uma atriz que consegue surpreender e que logra apropriar-se de filmes como poucas. Ainda tenho em mente “Mad Max: the Fury Road”: Theron tornou-se na personagem central do filme pela sua interpretação musculada e energética.

“Atomic Blonde” é a adaptação de uma banda desenhada de Antony Johnston chamada “The Coldest City”. Se não tivermos em conta este elemento, os primeiros minutos do filme de David Leitch parecem saídos de um filme de terror da pior qualidade ou, como alguém disse, assemelha-se à versão porno-trash de um teledisco dos Duran Duran. Mas à medida que a intriga avança o charme funciona.

Charlize Theron interpreta Lorraine Broughton, uma agente secreta que faz lembrar as cantoras dos anos 80. Cabelo loiro oxigenado, impecavelmente vestida (para a época), esta James Bond do final dos anos 80 é enviada a Berlim para recuperar uma importante lista de nomes. A cidade alemã vive o momento mais conturbado da sua história recente: a ação decorre no momento em que o muro que separa leste e oeste se desmorona. Esta situação de incerteza causa conflitos ainda mais complicados entre os homens e as mulheres dos serviços secretos, e os agentes duplos proliferam.

Apesar da complexidade do enredo, os espetadores deixam-se levar pela ação e pela surpreendente beleza das imagens. Os criadores de “Atomic Blonde” parecem ter decidido iluminar a cidade e as personagens com néons, criando um ambiente extraordinário que é mais “anos 80” do que os anos 80 alguma vez foram.

A banda sonora é o aspeto mais comentado nas redes sociais; para perceber a razão, basta fazer a lista de algumas das bandas presentes: New Order, Depeche Mode, Siouxsie and the Banshees e a alemã Nena (estávamos todos apaixonados por ela, não era?), com o seu êxito planetário “99 Luftballons”.

Todo o pano de fundo de música e luz é preenchido pela presença brutal, sensual e avassaladora da personagem de Charlize Theron. Ela despacha todos aqueles que ousam atravessar-se no seu caminho, usando armas, punhos, pés, joelhos, mangueiras, fogões ou saca-rolhas. Lorraine Broughton é uma James Bond sem a fineza do mais famoso agente secreto do mundo, mas com a eficácia de uma bomba atómica, mais ou menos como este filme.

_________

“Atomic Blonde”, de David Leitch, com Charlize Theron, James McAvoy, Sofia Boutella, John Goodman, Eddie Marsan e Til Schweiger.

Raúl Reis

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.