Escolha as suas informações

Arco do Triunfo embrulhado "para presente"
Cultura 1 18.09.2021
Instalação artística

Arco do Triunfo embrulhado "para presente"

Instalação artística

Arco do Triunfo embrulhado "para presente"

EPA
Cultura 1 18.09.2021
Instalação artística

Arco do Triunfo embrulhado "para presente"

Redação
Redação
A obra foi pensada e desenvolvida durante décadas pelo artista Christo, que já tinha envolvido em tecido a Pont Neuf, em 1985.

Um dos monumentos mais famosos da capital francesa está diferente por estes dias. O Arco do Triunfo em Paris está completamente embrulhado em tecido, como "um presente", nas palavras da ministra da Cultura sobre sta obra, durante a cerimónia de inauguração, que contou com a presença do presidente Emmanuel Macron. "É um presente para os parisienses e para os franceses", disse Roselyne Bachelot acerca desta obra póstuma de Christo, artista búlgaro que morreu no ano passado e que sonhava em cobrir de tecido o monumento que via da varanda do seu desde a década de 1960.

Para Christo, que deixou rascunhos e fotomontagens de seus planos, o Arco do Triunfo tornar-se-ia "um objeto vivo estimulado pelo vento e refletindo a luz".

Até três de outubro, 25 mil metros quadrados de tecido prateado-azulado e três mil metros de cordas vermelhas irão destacar a arquitetura do monumento histórico.  

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

Um projeto tão esperado que Christo e a sua mulher, a também artista Jean-Claude, não puderam testemunhar (morreu em 2020), mas a sua concretização ficou na família.  A obra ficou sob a supervisão do sobrinho do artista, Vladimir Yavachev e o seu custo, cerca de 14 milhões de euros, foi financiado com fundos próprios. Mais de 1000 trabalhadores, engenheiros e escaladores de edifícios estiveram envolvidos no projeto.

O Arco do Triunfo é o segundo edifício histórico de Paris a ser velado pelo casal de artistas. A presidente da Câmara de Paris, Anne Hidalgo, explicou que a experiência anterior da cidade com Christo, quando ele embrulhou a Pont Neuf, em 1985, foi decisiva para autorizar esta nova aventura artística. Segundo a autarca, esse projeto artístico na ponte foi "foi uma maneira de despertar esta cidade".

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.