Escolha as suas informações

"Bebé" da capa Nevermind quer processar os Nirvana por "pornografia infantil"
Cultura 3 2 min. 25.08.2021
Ação em Tribunal

"Bebé" da capa Nevermind quer processar os Nirvana por "pornografia infantil"

Capa do álbum Nevermind, dos Nirvana
Ação em Tribunal

"Bebé" da capa Nevermind quer processar os Nirvana por "pornografia infantil"

Capa do álbum Nevermind, dos Nirvana
Cultura 3 2 min. 25.08.2021
Ação em Tribunal

"Bebé" da capa Nevermind quer processar os Nirvana por "pornografia infantil"

Spencer Elden, 30 anos, diz que a sua foto de bebé nu com dinheiro, na capa do icónico álbum da banda, representa uma "exploração sexual". E quer uma indemnização.

Aos quatro meses de idade, os pais de Spencer Elden autorizaram que o fotógrafo Kirk Weddle, amigo da família, fotografasse o seu bebé para a capa de um álbum de uma banda desconhecida. 

O álbum era o "Nevermind", lançado em 1991, e a banda os Nirvana, e naquela altura, certamente os pais de Steven nunca imaginaram que o seu bebé fotografado nu se tornasse protagonista de uma das capas de música mais icónicas e reproduzidas de sempre. 

  

Agora, Spencer Elden, de 30 anos, o bebé Nevermind quer processar a banda por crime de "pornografia infantil", alegando "exploração sexual" da sua imagem.

Elden defende que "sofre danos permanentes" por ser o bebé da capa do Nevermind; que os pais não assinaram "nenhum contrato a autorizar o uso da sua imagem ou semelhante". Refere que a nota de um dólar foi adicionada posteriormente na sua fotografia a nadar debaixo de água, com quatro meses de idade.

A ideia da fotografia para a capa do álbum foi do próprio Kurt Cobain e a intenção era representar um recém-nascido nu e indefeso já a perseguir o dinheiro, como relatou ao The Guardian o fotógrafo Kirk Weddle. Uma imagem que fosse uma crítica ao capitalismo. 

 

 

Só que, para Spencer Elden a capa é "uma exploração sexual" da sua imagem em bebé, ao ser fotografado com quatro meses, nu, atrás de dinheiro. O seu advogado Robert Lewis argumenta que a imagem ultrapassa o limite, chegando a ser considerada como "pornografia infantil". 

A ação foi interposta num tribunal californiano e Dave Grohl e Krist Novoselic, que junto com legendário Kurt Cobain (1967-1994) compunham a formação clássica do Nirvana, são agora acusados desta exploração por Spencer Elden.

Spencer Elden que tem tatuado a palavra Nevermind no peito conta que os seus pais receberam 200 dólares, na altura, como pagamento pela fotografia para a capa do Nevermind. 

Em 2006, numa entrevista à Time, já mostrou descontentamento por o álbum que vendeu 30 milhões de cópias e todo o merchandising com a foto tivesse rendido fortunas a todos, menos a ele. Por isso, e pelos danos perpétuos que a foto lhe causa quer ser indemnizado.

Contudo, o norte-americano já aceitou fazer parte das celebrações do álbum Nevermind. Por ocasião do 25º aniversário do lançamento deste icónico trabalho dos Nirvana, e que os catapultou para a fama, Spencer Elden aceitou reproduzir a imagem da capa, agora em adulto. Desta vez, em calções. Ao longo dos anos tem publicado reproduções suas da capa dos Nirvana.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Exploração infantil
... o caso está longe de ser fácil de rejeitar como uma simples jogada oportunista.
O bebé do álbum "Nevermind", dos Nirvana, hoje com 30 anos, processou recentemente a banda por exploração sexual infantil.