Escolha as suas informações

18h30: Delfim Sardo fala da arte moderna e contemporânea portuguesa, esta quinta-feira

18h30: Delfim Sardo fala da arte moderna e contemporânea portuguesa, esta quinta-feira

Foto: © Abílio Leitão
Cultura 16.04.2015

18h30: Delfim Sardo fala da arte moderna e contemporânea portuguesa, esta quinta-feira

Delfim Sardo vai proferir uma palestra sobre a arte moderna e contemporânea portuguesa, esta quinta-feira, no Museu Nacional de História e de Arte do Luxemburgo.

Delfim Sardo profere uma palestra sobre a arte moderna e contemporânea portuguesa, hoje, quinta-feira, às 18h30, no Museu Nacional de História e de Arte do Luxemburgo.

Professor no Colégio de Artes da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Delfim Sardo é presidente da Associação Internacional dos Críticos de Arte em Portugal.

Em 2010, foi comissário geral da Trienal de Arquitectura de Lisboa. Desde 1990, é comissário de arte contemporânea e publica regularmente ensaios sobre esta matéria. Antigo consultor na Fundação Calouste Gulbenkian, foi também comissário do pavilhão português na 48a Bienal de Veneza. Antigo director do centro de exposições do Centro Cultural de Belém, em Lisboa, foi também fundador e director da revista "Pangloss". Delfim Sardo foi igualmente um dos 11 finalistas que esteve em liça para a direcção do Centro Pompidou, em Metz.

Esta conferência acontece no âmbito da mostra temporária "Obra Convidada", que expõe o quadro do casamento místico de Santa Catarina, da autoria de Bartolomé Esteban Murillo, que pertence à colecção do Museu Nacional de Arte Antiga de Lisboa, e que está patente até 17 de Maio no Museu Nacional de História e de Arte do Luxemburgo. 

Esta é a segunda de três conferências sobre a arte em Portugal. A primeira teve lugar em Março e a terceira está prevista para 7 de Maio, com António Filipe Pimentel, director do Museu Nacional de Arte Antiga de Lisboa.

A conferência com Delfim Sardo  tem lugar na sala Kutter do  Museu Nacional de História e de Arte do Luxemburgo, no Marché-aux-Herbes, na cidade do Luxemburgo (atrás do Palácio Grão-Ducal). A entrada é livre. 



Notícias relacionadas

Exposição: Luxemburgo e Portugal "trocam" obras de arte
O Museu Nacional de História e Arte do Luxemburgo vai ter patente a partir de 29 de Janeiro uma pintura do Museu de Arte Antiga em Lisboa, no âmbito da iniciativa “Obra Convidada”, que vai levar uma tela do museu luxemburguês também a Portugal.
O Museu Nacional de História e Arte do Luxemburgo, na capital, vai acolher uma obra do Museu de Arte antiga, em Lisboa