Escolha as suas informações

Dúvidas com a declaração de impostos?

Dúvidas com a declaração de impostos?

Conteúdo Patrocinado 2 min. 05.12.2018

Dúvidas com a declaração de impostos?

Não sabe como preencher a sua declaração de impostos? Nem sabe quais são as vantagens se o fizer? É transfronteiriço e trabalha no Luxemburgo? Está a par da obrigatoriedade de preenchimento da declaração de impostos?

A funcionar em Pétange desde 2013, a empresa Immo Oliveira pode ser uma ajuda preciosa a quem coloca este tipo de questões. Nesta altura do ano, Nuno Oliveira não tem mãos a medir com a quantidade de declarações de impostos que preenche para os seus clientes, por isso convém contactar a empresa com antecedência para agendar uma reunião. Para além desta atividade, a Immo Oliveira trabalha também no setor imobiliário: na compra, venda e arrendamento de bens imóveis e na gestão de condomínios. 

A declaração de impostos deve ser entregue até 31 de março de 2019, para quem recebeu a convocatória da Administração das Contribuições, e Nuno Oliveira sugere aos clientes para fazerem sempre uma simulação antes de se lançarem na “aventura” do preenchimento da declaração. “Por vezes faço simulações a pessoas que desconheciam que podiam ter recebido dinheiro em anos anteriores, sobretudo quem tenha créditos à habitação”, esclarece o empresário.

Nuno Oliveira explicou ainda ao Contacto que, ao fazer uma simulação de impostos, consegue analisar se a pessoa tem a receber ou a pagar, basta reunir todos os documentos que serão, à partida, dedutíveis fiscalmente, tais como créditos (habitação, automóvel, pessoais, estudante), seguros (responsabilidade civil, responsabilidade civil automóvel, vida e saúde), planos mutualistas de saúde (CMCM), planos complementares de reforma e planos poupança-habitação.

“O mais vantajoso em termos fiscais para deduzir na declaração de impostos são os planos poupança-habitação e a poupança complementar reforma (celebrada nos bancos ou nas companhias de seguros)”, adianta Nuno Oliveira.

O preço da simulação e do preenchimento da declaração de impostos tem o valor de 58,5€ (elaborada no escritório, sendo que na deslocação ao domicílio é cobrado o valor extra da deslocação).

 Relativamente à nova reforma fiscal de 2018, Nuno Oliveira explica, “Saiu recentemente uma nova lei, que é sobre a declaração de 2018, que será entregue em 2019, que obriga os fronteiriços a fazer a declaração de impostos. Esta lei diz respeito sobretudo às pessoas casadas cujos dois elementos trabalham no Luxemburgo. Desta forma, para os transfronteiriços mudou muita coisa. Neste momento são já obrigados a preencher a declaração de impostos de 2018, mas só o devem fazer se receberem a carta da Administração das Contribuições a solicitar que o façam (modelo 100F). Se não recebeu a convocatória, pode sempre entregar a declaração de impostos até 31 de dezembro de 2019 (relativa ao ano transato), mas não é obrigado a isso”.

Patrícia Marques

_____________________________________
37, route de Longwy L-4750 Pétange
GSM: + 352 621 360 257 (Declarações de impostos)
GSM: + 352 621 371 043 (Gestão de condomínios)
Tel.: + 352 26 65 07 36 (Escritório)
e-mail: info@immogo.lu
www.immogo.lu


Notícias relacionadas

Tire as suas dúvidas sobre a declaração de impostos
A empresa Immo Oliveira é especialista em declarações de impostos e pode dar-lhe uma enorme ajuda na hora que questiona se deve ou não entregar a declaração de impostos anual, se tem a ganhar ou a perder e que documentos deve entregar
Seguros, Poupança, Investimento e Impostos
Não sabe como preencher a sua declaração de impostos? Nem sabe quais são as vantagens se o fizer? É fronteiriço e trabalha no Luxemburgo? Está a par da obrigatoriedade de preenchimento da declaração de impostos? Quer saber quais são as vantagens fiscais para os profissionais liberais e independentes no que diz respeito à reforma? - Consulte todos os anunciantes nas páginas do jornal Contacto desta semana.