Change Edition

Escuteiros de Santo Afonso recebem prémio "Mérito Jovem"

Os Escuteiros de S. Afonso receberam na quarta-feira, das mãos do príncipe Guillaume, os certificados do prémio "Mérito Jovem" ("Mérite Jeunesse 2012"), como reconhecimento pelo projecto "Capscout”, um projecto solidário em favor de Cabo Verde.

Os escuteiros de S. Afonso ficaram entre os três primeiros premiados, tendo o primeiro prémio sido atribuído à "Maison des Jeunes” ("Casa dos Jovens") de Pétange pelo projecto "três gerações a cozinhar juntas”.

Os jovens "Pioneiros" portugueses, com idades entre os 14 e os 17 anos, viram assim reconhecidos os seus esforços em prol de uma causa humanitária. O agrupamento português ofereceu no ano passado material escolar a quatro escolas das ilhas de Santiago e Santo Antão, em Cabo Verde, proporcionando sorrisos a cerca de 350 crianças desfavorecidas.

O prémio "Mérito Jovem" é uma distinção luxemburguesa organizada anualmente pela fundação "Mérite Jeunesse”, inspirada no prestigiado "Prémio Duque de Edimburgo" da Grã-Bretanha. O objectivo da fundação é "valorizar o envolvimento dos jovens, com particular destaque para o indivíduo”, declarou Georges Metz, vice-presidente da fundação, na cerimónia, que decorreu na sede dos escuteiros luxemburgueses ("Lëtzebuerger Guiden a Scouten”).

A comissária-geral dos escuteiros luxemburgueses, Carmen Schares, elogiou a chefe os Escuteiros de S. Afonso, Cláudia Pereira, pelos 10 anos de dedicação e trabalho no agrupamento.

"Foi uma surpresa para mim ouvir estas palavras de agradecimento que me dirigiram hoje, não estava nada à espera, porque o objectivo desta festa é a entrega dos certificados. Receber estes certificados de participação do 'Mérito Jovem' é um enorme reconhecimento pelo trabalho desenvolvido pelo agrupamento”, disse Cláudia Pereira, que termina este ano o seu "mandato” como chefe do agrupamento.

"Estes 10 anos foram muito gratificantes, mas houve muitas dificuldades, não foi fácil ressuscitar algo que estava inactivo. Fazer renascer é mais difícil do que nascer”, disse Cláudia Pereira ao CONTACTO.

NOVO PROJECTO
EM CABO VERDE

Sob a divisa "Juntos vamos mais longe”, o próximo desafio do Agrupamento de Escuteiros de Santo Afonso já tem data marcada.

No dia 13 de Julho uma delegação do agrupamento português parte novamente para Cabo Verde com o objectivo de dar um novo aspecto à Escola Ribeira de Bodes, na ilha de Santo Antão, e angariar mais material escolar para a Escola Primária do Bairro Berlim, na mesma ilha.

Na entrega dos prémios estiveram presentes, além do príncipe Guillaume, o burgomestre da cidade do Luxemburgo, Xavier Bettel, e a encarregada de Negócios da Embaixada de Cabo Verde, Clara Delgado.

Patrícia Marques