Wählen Sie Ihre Nachrichten​

Coreógrafo brasileiro Moa Nunes regressa ao Luxemburgo

O coreógrafo e bailarino brasileiro Moa Nunes apresenta o novo espectáculo de dança "Um olhar a dois" nos dias 13 e 14 de Maio, às 20h, na Sala Robert Krieps, na Abadia de Neumünster, no Grund, na cidade do Luxemburgo.

Moa Nunes disse ao CONTACTO que no novo espectáculo "aborda questões como os sentimentos de humanidade (respeito mútuo, generosidade, gratidão e amor) e faz menção à vida, à fertilidade dos seres e da terra num só espaço." "Por meio do gestual simbólico e músicas, busco despertar sensações que façam reflectir sobre o ser humano", acrescenta.

Em termos técnicos, o coreógrafo define "Um olhar a dois" como uma dança contemporânea que alia dança moderna à dança pós-moderna.

"'Um olhar a dois' não é apenas um espectáculo de dança para jovens talentosos dançarinos, vai além da dimensão educativa. Há também um forte desejo de trazer a dança para as audiências de todos os géneros", sublinha Moa Nunes. O artista brasileiro relembra que a dança foi sempre uma parte importante da nossa sociedade cultural.

"O mais importante é fazer o público dançar através dos olhos e da alma, juntamente com os bailarinos", defende.

Moa Nunes nasceu em Joinville, no Brasil, em 1969, e começou a dançar aos 11 anos. Desde então, a dança tem sido a sua vida. Depois de uma carreira no Brasil, o artista chegou ao Luxemburgo em 1997, onde começou por ser professor de dança, passando, por exemplo, pela escola de dança de Li Marteling. Entre 2002 e 2009, mudou-se para Bruxelas, onde continuou a ensinar.

Uma parte das receitas do espectáculo reverte a favor da associação Red Line Children Charity, que tem como objectivo ajudar crianças carenciadas no Brasil. Os bilhetes custam 28 euros. Para reservas ou mais informações, os interessados podem ligar para o tel. 661 260 769.