Associações empresariais lusófonas criam Instituto de Formação da CPLP

Foto: CPLP

Três instituições criaram o Instituto de Formação da CPLP (IF-CPLP), que deverá entrar em funcionamento em abril próximo e que visa promover o ensino e qualificação dos cidadãos dos nove países lusófonos, disse hoje à agência Lusa fonte oficial.

Segundo o secretário-geral da Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CE-CPLP), José Medina Lobato, a ideia visa também apoiar projetos de capacitação e desenvolvimento sustentado das empresas e economias dos "nove".

O IF-CPLP foi fundado pela própria CE-CPLP, pela União dos Exportadores de Língua Portuguesa (UELP) e pela Associação Empresarial de Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto.

As áreas predominantes em que o IF-CPLP irá atuar passam pelas de Gestão e Estratégia Empresarial, Turismo, Hotelaria e Restauração, Agricultura, Construção Civil e Obras Públicas e Saúde e Bem-Estar.

"Qualificar para competir" é o lema da instituição, referiu Medina Lobato, adiantando que as ações de formação decorrerão na sede da CE-CPLP, em Lisboa, em parceria com associações empresariais e empresas associadas.

"É reconhecido por todos que, para um desenvolvimento sustentável das economias, é fundamental apostar no ensino, na formação e na qualificação profissional. A formação é vista cada vez mais como um fator diferenciador e fundamental para o crescimento e progresso sustentado, influenciando diretamente a produtividade das empresas e da economia", referiu o secretário-geral da CE-CPLP.

Liderada pelo empresário moçambicano Salimo Abdula, a CE-CPLP é uma organização que visa o desenvolvimento da cooperação entre estruturas associativas dos países-membros da CPLP - Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

A instituição, criada a 04 de junho de 2004, em Lisboa, pretende também criar condições para o desenvolvimento de negócios no quadro dos espaços económicos onde estão inseridos no espaço lusófono.

Atualmente, a Confederação Empresarial da CPLP conta com 117 associados - 13 efetivos fundadores, 23 efetivos, 78 aderentes, dois honorários e um benemérito.

(Lusa)